Programa de Pós-Graduação em

MEDICINA E CIÊNCIAS DA SAÚDE

Conceito CAPES – 6

O curso é estruturado na forma de áreas de concentração: Clínica Cirúrgica, Clínica Médica, Farmacologia Bioquímica e Molecular e Neurociências, todas compostas por professores pesquisadores altamente qualificados.

Os docentes permanentes possuem envolvimento com alunos da graduação, têm produção cientifica expressiva e integração com grupos de pesquisa nacionais e internacionais.

A mobilidade do corpo discente é bastante incentivada dentro dos projetos PDSE (doutorado sanduíche no exterior), PEC PG, assim com a recepção de alunos para realização de pós-doutorado.

O Programa encontra-se em contínua avaliação interna em relação à qualidade da produção científica dos professores orientadores, à renovação de corpo docente e à reavaliação de disciplinas e linhas de pesquisa.

Inscrições: De 29/04 a 08/07/2024

Duração mestrado: 12 a 30 meses

Duração doutorado: 24 a 54 meses

Email: [email protected]

Compartilhe este curso

O Programa de Pós-Graduação em Medicina e Ciências da Saúde foi aprovado pelo COCEP e pelo conselho universitário em 1987. Em 1993 recebeu a aprovação do Grupo Técnico Consultivo da CAPES iniciando a primeira turma de mestrado em março de 1994. Em 1999, o curso de doutorado também foi aprovado pela CAPES e iniciou a primeira turma em março de 2000. Em outubro de 2000, passou a denominar-se “Programa de Pós-Graduação em Clínica Médica e Ciências da Saúde” acolhendo profissionais das áreas biomédicas e biológicas. Em 2003, foi incluída a área de concentração em Clínica Cirúrgica e o Programa passou a denominar-se “Pós-Graduação em Medicina e Ciências da Saúde”.

O programa é estruturado em quatro áreas de concentração denominadas Clínica Médica, Clínica Cirúrgica, Farmacologia Bioquímica e Molecular e Neurociências. Visando a criação de um programa interdisciplinar, todas as áreas de concentração incluem profissionais de diversas ciências do conhecimento e integram professores Escola de Medicina e outras unidades da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul.

Objetivos

Objetivo Geral
O principal objetivo do Programa de Pós-Graduação em Medicina e Ciências da Saúde é promover a formação de professores e pesquisadores altamente qualificados para o exercício das atividades de ensino, pesquisa e desenvolvimento em diferentes áreas da medicina e das ciências da saúde. Capazes de enfrentar novos desafios científicos com independência intelectual, contribuindo para o progresso científico, tecnológico, econômico e social do Brasil como nação independente, imersa em um mundo globalizado em rápida evolução.

Objetivo Específico
O Programa de Pós-Graduação em Medicina e Ciências da Saúde, mediante uma equipe interdisciplinar de docentes e discentes e com o apoio de pesquisadores nacionais e internacionais de diferentes cursos e instituições, realiza projetos diversificados visando ao intercâmbio de conhecimentos no meio científico e à aplicação dos avanços da pesquisa básica e clínica com caráter inovador em benefício à comunidade. Em outras palavras, objetivamos transferir a outros centros universitários e à comunidade a experiência adquirida em pesquisa básica e pesquisa clínica.

Público Alvo
O Pós-Graduação em Medicina e Ciências da Saúde tem como público alvo profissionais formados na área da saúde e afins como médicos, enfermeiros, nutricionistas, psicólogos, biomédicos, educadores físicos, biólogos entre outros.

Escopo

O curso é estruturado na forma de áreas de concentração: Clínica Cirúrgica, Clínica Médica, Farmacologia Bioquímica e Molecular e Neurociências, todas compostas por professores pesquisadores altamente qualificados.

A estrutura curricular possui disciplinas básicas de metodologia da pesquisa, epidemiologia, bioestatística, metodologia do ensino, leitura e escrita de artigo e ética/bioética. Adicionalmente, cada área de concentração oferece disciplinas específicas que são relacionadas às linhas de pesquisa desenvolvidas no programa, e que instrumentalizam o aluno no seu projeto de pesquisa. O Programa estimula uma construção individualizada da grade curricular de cada aluno, proporcionando que o discente e o professor definam as disciplinas poderão ser cursadas dentro ou fora do Programa para uma melhor qualificação da pesquisa a ser realizada e da formação docente.

Os docentes permanentes possuem envolvimento com alunos da graduação, têm produção científica expressiva e integração com grupos de pesquisa nacionais e internacionais.

O Programa encontra-se em contínua avaliação interna em relação à qualidade da produção científica dos professores orientadores, à renovação de corpo docente e à reavaliação de disciplinas e linhas de pesquisa.

Créditos e Prazos para Defesa

Doutorado: 30 créditos
Doutorado: mínimo de 24 e máximo de 54 meses

O processo de seleção para candidatos ao curso de doutorado ocorre duas vezes por ano, sendo oferecidas 25 vagas para o primeiro semestre e 25 vagas para o segundo. Entre os critérios para a seleção estão: entrevista, avaliação da proposta de projeto, domínio do assunto do projeto, iniciação científica na graduação, proficiência em línguas, realização de mestrado e produção científica. O curso deve ser realizado entre 24 e 54 meses e o aluno deve realizar pelo menos 30 créditos, podendo solicitar aproveitamento de disciplinas realizadas durante o mestrado (quando realizado previamente).

PPGMCS – Edital Processo Seletivo 2024-2

Inscrições homologadas para o doutorado – 2024/2

Inscrições homologadas para o mestrado – 2024/2

Horário das Entrevistas – 2024.2

Aprovados PS Doutorado – 2024/2

Aprovados PS Mestrado – 2024/2

Bolsas

CAPES, CNPq e outras, conforme disponibilidade.

Programa G-PG

Acesse o site

Programa G+1

Confira aqui o resultado do Processo Complementar: Resultado Complementar G+1 Mestrado – 2024.1
Confira aqui o resultado: Resultado G+1 Mestrado – 2024.1
Confira aqui o edital do G+1: Clique aqui

Matrículas

Aluno Regular
1° Matrícula (Ingresso)
A matrícula deverá ser realizada semestralmente, em março e agosto, com datas definidas de acordo com o calendário acadêmico estabelecido pela Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação (PROPESQ). O documento gerado deve ser assinado e entregue na secretaria.

Matrícula Semestral
A matrícula deverá ser realizada semestralmente, em março e agosto, com datas definidas de acordo com o calendário acadêmico estabelecido pela Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação (PROPESQ).

Mesmo os alunos que já tiverem concluído os créditos devem confirmar a matrícula (em orientação) até a conclusão do curso para não perder vínculo com o Programa. O documento gerado deve ser assinado e entregue na secretaria.

Atos deliberativos

Ato deliberativo nº 03/06 – Critérios para a realização conjunta do Mestrado e do Programa de Residência Médica

Aluno especial (disciplina isolada)

É permitido cursar disciplinas isoladas, na condição de alunos especiais. Como requisito, o candidato deve ter o curso de graduação completo.

A solicitação deverá ser encaminhada através do Requerimento disponível, devidamente preenchido e assinado, acompanhado dos documentos nele pontuados.

Os pedidos para cursar disciplinas como aluno especial devem ser homologados pela Comissão Coordenadora, de acordo com a disponibilidade de vagas nas turmas oferecidas.

Após deferido, o aluno deve efetuar o pagamento da matrícula, apresentar comprovante na secretaria e efetivar a matrícula.
Documento de cadastro

  • Linhas de Pesquisa X Docentes

  • Aspectos Epidemiológicos, Clínico-patológicos, Radiológicos e Moleculares de Neoplasias Malignas

    Nas últimas décadas, esforços tem sido feitos para elucidar a biologia do câncer. Neoplasias malignas se caracterizam por uma ampla heterogênea do ponto de vista clínico, patológico e molecular determinando diferentes desfechos clínicos e respostas às terapias oncológicas. Pouco se conhece sobre a epidemiologia e biologia de neoplasias malignas na população brasileira. Além disto, condutas, muitas vezes ainda não acessíveis no amplo cenário nacional, são baseadas em grandes estudos internacionais que pouco representam nossa população. A presente linha de pesquisa visa caracterizar os pacientes com neoplasias malignas nos seus diferentes estágios clínicos e avaliar o desfecho clínico dos mesmos avaliando variáveis clínicas, histopatológicas, radiológicas e moleculares. Estudos nesta área poderão responder importantes questões ainda controversas junto a comunidade científica. Da mesma forma, a identificação de tais fatores clínicos que possam definir prognóstico ou servirem de biomarcadores de resposta aos tratamentos de alto custo atualmente disponíveis, poderão ter impacto na instituição de protocolos assistenciais visando medicina personalizada, reduzindo custo do tratamento e melhorando desfechos clínicos na população brasileira. Para o desenvolvimento das pesquisas em oncologia, contamos com a utilização do BIOBANCO – PUCRS que permite o armazenamento de matérias biológicos e das respectivas características clínico-patológicas de pacientes com câncer. A construção de um grande banco de dados, que conta com a integração multidisciplinar e atualização prospectiva, nas diferentes neoplasias malignas permitirá o desenvolvimento de projetos de pesquisa abordando os diferentes aspectos da doença neoplásica: epidemiologia, biomarcadores clínico-patológicos, radiológicos ou moleculares como fatores prognósticos ou preditivos de resposta às diferentes terapias oncológicas utilizadas na prática clínica.

  • Cirurgia Videolaparoscópica

    Avaliar as vantagens dos procedimentos realizados por técnicas menos evasivas.

  • Obesidade e Síndrome Metabólica

    Pesquisa na área de obesidade e síndrome metabólica com desdobramento nas co-morbidezes envolvidas ou relacionadas com as patologias citadas.

  • Biologia molecular, imunologia e células tronco

    Estudo das alterações moleculares dos tumores, principalmente do aparelho digestivo e respiratório através de técnicas de PCR em tempo real, imunohistoquímica, citometria de fluxo e cultura de células. Estudo de Terapia Celular e Engenharia de Tecidos.

  • Cardiologia/Fatores de risco e fatores genéticos nas doenças cardiovasculares

    Avalia fatores de risco para cirurgia cardiovascular através de marcadores; fatores de risco tradicionais (dislipidemias,hipertensão arterial,diabete,tabagismo) e potenciais emergentes (aplipoproteína B,LDL pequenas e densas) na doença arterial coronariana.

  • Cardiologia/Terapia Celular

    Tem como objetivo avaliar a eficácia e segurança do implante autólogo de células-tronco da medula óssea em pacientes portadores de miocardiopatia dilatada e em pacientes com infarto agudo do miocárdio

  • Diálise extra-renal e transplante

    Esta linha visa o estudo das diferentes modalidades de substituição da função renal, com ênfase no transplante de órgãos especialmente no que se refere à imunologia dos transplantes.

  • Endocrinologia e Diabetes/Prevenção, Ident. e Otimiz. do Manejo de Diabetes Melito e Endocrinopatias

    Linha de pesquisa clínica que estuda estratégias interdisciplinares de prevenção, identificação e otimização do manejo de diabetes melito, síndrome metabólica, doenças tireoideanas e outras endocrinopatias. Objetiva, ainda, avaliar temas controversos em endocrinologia cujas evidências disponíveis sejam insuficientes para decisões ou posicionamentos sobre diagnóstico e terapêutica.

  • Epidemiologia Clínica

    Desenvolver pesquisas no contexto da epidemiologia clínica que enfoquem aspectos metodológicos e clínicos. Esta linha de pesquisa busca estimular o desenvolvimento de projetos de pesquisas que contribuam para o avanço na identificação, na intervenção e na promoção dos determinantes do processo saúde-doença na população humana.

  • Epidemiologia e Saúde Ambiental

    Desenvolver pesquisa no contexto da epidemiologia e saúde ambiental que enfoquem aspectos metodológicos e clínicos. Esta linha de pesquisa busca estimular o desenvolvimento de projetos de pesquisa que contribuam para o avanço da identificação, na intervenção e na promoção dos determinantes do processo saúde-doença na população humana.

  • Formação e Desenvolvimento Docente na Saúde

    Esta linha possibilitará a produção de pesquisas científicas e tecnológicas e a formação de mestres, doutores e estágio pós-doutoral na área do Ensino na Saúde.

  • Imagem funcional e molecular do corpo

    A imagem funcional é o estado-da-arte na medicina diagnóstica por imagem. A Ressonância Magnética deu seu grande salto nessa direção através das técnicas de aquisição ultra-rápidas, que permitiram medir as variações no nível de consumo de oxigênio decorrentes do efeito BOLD e estimativa da celularidade dos tecidos pela técnica de difusão. O PET possibilitou à Medicina Nuclear medir o nível de consumo de glicose no tecido, utilizando a radiação ionizante. Sua principal aplicação consiste na investigação de tumores e metástases, que naturalmente têm aumentado o consumo de glicose devido ao maior nível metabólico. Mais recentemente, o PET Dinâmico tem permitido avaliar o consumo de glicose em função do tempo e medir de forma mais precisa as regiões mais ativas.

  • Inovações Tecnológicas na Área da Saúde

    Atualmente, observamos em todo o mundo o rápido desenvolvimento de tecnologias, procedimentos e medicamentos voltados para o tratamento mais eficaz de doenças e restabelecimento da saúde. Este passo acelerado com que o conhecimento médico progride faz com que seja necessária a criação de uma nova mentalidade na formação médica, estimulando a curiosidade, a busca ativa pelo conhecimento e a atualização constante. O número e a complexidade dos processos científicos que levam a esta evolução também são merecedores de atenção, tanto pela necessidade de formação para a compreensão dos mesmos, quanto pela oportunidade de trabalho que eles representam para os médicos em geral.

  • Metabolismo Celular e Transporte de Membrana em doenças renais e metabólicas

    Estudo dos mecanismos fisiopatogênicos moleculares de diversas doenças renais e metabólicas.

  • Nefrologia Clínica e Hipertensão Arterial

    Estudos relacionados a diversos aspectos da clínica nefrológica, função renal, hipertensão arterial, doenças renais e metabólicas.

  • O estudo do abdômen do adulto e idoso sadio e doente com novas tecnologias em diagnóstico por imagem

    Primeiramente, o objetivo deste campo de pesquisa é determinar a apresentação dos diferentes órgãos abdominais em modalidades de imagem avançadas, tais como ressonância magnética e tomografia por emissão de pósitrons. Objetiva-se determinar a apresentaçaõ anatômica normal destes órgãos e tecidos e suas variações anatômicas, possibilitando diferenciar os indivíduos normais dos indivíduos doentes. Com isto, pretende-se aumentar o conhecimento sobre a anatomia normal do abdômen e sua variação anatômica demonstrada através de novas tecnologias por imagem. Através desta linha de pesquisa pretende-se, também, determinar a acurácia diagnóstica por imagem das doenças do trato gastrintestinal e do aparelho urinário. Objetiva-se permitir um diagnóstico mais precoce e preciso das doenças do paciente adulto e idoso, aumentando a sobrevida destes indivíduos. Pretende-se formar pesquisadores e professores que queiram trabalhar nesta linha de pesquisa que trata de doenças cada vez mais prevalentes na nossa população.

  • Avaliação de alvos farmacológicos no tratamento do câncer e inflamação

    Avaliação de Alvos Farmacológicos no Tratamento de câncer e inflamação.

  • Avaliação de mecanismos neuroquímicos e farmacológicos em doenças neurológicas

    Estudo das vias neuroquímicas e de alvos farmacológicos em doenças neurológicas.

  • Avaliação dos Mecanismos Envolvidos em Alterações Inflamatórias e Nociceptivas

    Estudo dos mecanismos envolvidos em alterações inflamatórias e nociceptivas.

  • Desenvolvimento de Drogas

    Esta linha visa o desenvolvimento de drogas anti-negligenciadas (para terapia de tuberculose e malária) e o desenvolvimento de drogas anti-doenças crônico degenerativas.

  • Atividade Neurotóxica de Ureases e Peptídeos Derivados

    Estudo da atividade neurotóxica e pró-inflamatória de ureases de diferentes organismos; 2)Metodologias de estudos de neurotoxicidade com utilização de insetos-modelos; 3)Ureases como fatores de virulência de microrganismos patogênicos, em especial as bactérias Helicobacter pylori e Proteus mirabilis, e leveduras do complexo Cryptococcus.

  • Bases Moleculares do Neurodesenvolvimento Embrionário

    As etapas da formação do sistema nervoso central (SNC) podem ser consideradas um grande concerto com a regência de diferentes moléculas sinalizadoras que desencadeiam uma cascata de processos dependentes e complementares até formação de todas as estruturas do SNC bem como suas distintas funcionalidades. O cérebro humano é um quebra cabeça de mais de 100 bilhões de peças que devem ser acuradamente direcionadas para seu único e específico local. Os estudos das Bases Moleculares do Neurodesenvolvimento Embrionário apresentam uma visão abrangente de entendimento do SNC, desde sua formação embrionária até a neurogênese no cérebro adulto, norteando situação clínicas e patológicas relacionadas às malformações cerebrais e as novas alternativas de terapia para recuperação tecidual do SNC. O uso de ferramentas moleculares como sequenciamento de nova geração (NGS), super arrays, expressão relativa, genotipagem, etc., são utilizadas para descrever vias de sinalização, gênese das patologias, e aplicação de medicina de precisão para o tratamento de diversas doenças. Ainda, a reprogramação celular em nível embrionário através da geração de células-tronco pluripotentes induzidas (iPSC) auxiliam no entendimento da neurogênese embrionária e no screening de novos fármacos para o tratamento das alterações durante a formação do sistema nervoso central e suas patologias associadas

  • Epilepsia

    Estudos clínico-eletrencefalográficos, farmacológicos, de neuroimagem e cirúrgicos no universo da epilepsia são contemplados nesta linha de pesquisa. O intenso envolvimento do Hospital Universitário da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS) com o diagnóstico, tratamento clínico e cirurgia de epilepsia abre interessantes perspectivas de investigação, buscando refinamento diagnóstico, novas opções de tratamento e correlação de síndromes epilépticas com alterações estruturais cerebrais.

  • Neuroimagem da Cognição Humana

    Desenvolvimento de novas técnicas de análise de neuroimagens e estudos das bases neurais de processos cognitivos superiores (por exemplo, compreensão e aquisição da linguagem, funções executivas, raciocínio espacial).

  • Neuroinflamação/Esclerose Múltipla/Neuromielite Óptica

    A inflamação em doenças neurológicas pode ter um envolvimento primário na fisiopatologia de doenças imunomediadas do sistema nervoso tais como a esclerose múltipla, neuromielite óptica, encefalite disseminada aguda (ADEM – acute demyelinating encephalomyelitis), síndrome de Guillain-Barré, encefalites autoimunes e algumas complicações neurológicas decorrentes diretamente ou indiretamente de infecções virais e bacterianas (p.ex. meningoencefalites). Em outras, a inflamação desempenha um papel importante, mas menos claro como no acidente vascular cerebral e em doenças degenerativas do sistema nervoso central. A desregulação do sistema imune, seja ela transitória ou duradoura, pode induzir lesões no cérebro, medula espinhal e nervos periféricos que causam dano neuronal permanente com risco de sequelas e incapacidade permanente. Através de métodos avançados de biologia molecular associada à avaliação clínica e de imagem (ressonância magnética, medicina nuclear), realizamos pesquisas que buscam entender os mecanismos intrínsecos e extrínsecos que causam um aumento de substâncias pró-inflamatórias como citoquinas, quimiocinas, produção de autoanticorpos, ativação de complemento, proliferação / maturação de linfócitos T e B autorreativos, ativação da microglia e alteração da barreira hematoencefálica. Além disso, desenvolvemos pesquisas para a identificação de biomarcadores específicos para cada doença que podem ajudar na melhor definição do diagnóstico / prognóstico e de modelos animais experimentais para o estudo da fisiopatologia e intervenções terapêuticas inovadoras.

  • Neurologia do Comportamento Neuropsiquiatria

    Neurobiologia das doenças psiquiátricas e das alterações comportamentais nas principais doenças neurológicas.

  • Neurologia/Células tronco

    Avaliar a possibilidade de recuperação de lesões neurológicas centrais e periféricas, resultantes de doenças neurodegenerativas, com células tronco somáticas, bem como estudar os mecanismos de recuperação estrutural e funcional de lesões.

  • Inteligência Artificial na Saúde

    A fluência na leitura oral é uma competência crucial para as crianças e adolescentes, envolvendo a capacidade de ler um texto com precisão, expressão adequada e em um ritmo determinado. A inteligência artificial tem permitido um considerável avanço em atividades que até então exigiam tempo e atenção de profissionais especializados, apresentando ainda a vantagem de uma avaliação imparcial. Além disso, uma considerável parcela de escolares no Brasil apresenta dificuldades de alfabetização associadas as habilidades de leitura, e carecem de assistência e diagnóstico adequado para condições como a Dislexia. Essa linha de pesquisa visa abarcar projetos de pesquisa de intersecção entre saúde, educação, e inteligência artificial. Os estudos buscam investigar ferramentas de avaliação da leitura oral por meio de tecnologias inovadoras, que poderão ser utilizadas por profissionais de saúde em conjunto com educadores. Tais ferramentas visam auxiliar na identificação do nível de desenvolvimento de leitura, fatores que influenciem tais habilidades, associação com desempenho acadêmico, rastreio precoce de sinais de dificuldades e transtornos que acometam a fluência de leitura, diagnósticos diferenciais, bem como na devida conduta médica/educacional.

  • Agentes Quimioterápicos e Mecanismos de Ação

    Código 33327-02 | 30 horas-aula

    Nesta disciplina serão abordados os mecanismos de ação de agentes quimioterápicos e seus alvos moleculares assim como os mecanismos que resultam na resistência destes agentes. As estratégias experimentais que permitem a determinação dos mecanismos cinéticos, químicos e enzimáticos de alvos moleculares definidos serão descritas. Adicionalmente, os mecanismos de ação de inibidores reversíveis (incluindo slow-onset inhibitors) serão abordados assim como o virtual screening (busca virtual) de ligantes. Esta disciplina permite uma compreensão do desenho racional de drogas baseado no modo de ação inibitória de compostos químicos (quimioterápicos).

  • Agravos À Saúde Hum. Rel. Ao Tabagismo e Poluição Amb.

    Código 1935O-01 | 15 horas-aula

    Esta disciplina tem como principal objetivo a apresentação dos principais conceitos associados às agressões sofridas pela saúde por poluentes derivados do tabagismo e os relacionados à poluição ambiental e alterações climáticas. Para tanto, os seguintes pontos serão abordados: 1) Introdução e contextualização do problema do ponto de vista em saúde pública em nível internacional; 2) A visão do problema no Brasil e no Rio Grande do Sul; 3) Agressões tabaco-relacionadas; 4) Agressões relacionadas à poluição ambienta e alterações climáticas; 5) Medidas preventivas e terapêuticas aos principais agravos.

  • Análise Avançada de Dados Qualitativos

    Código 313A8-02 | 30 horas-aula

    Abordagens, métodos e técnicas de pesquisa qualitativa em Psicologia. Principais correntes teórico-metodológicas que fundamentam as análises qualitativas de pesquisa nas ciências humanas. Métodos de investigação e procedimentos para coleta e análise de diferentes tipos de pesquisa com métodos qualitativos.

  • Avaliação Crítica de Projetos de Pesquisa

    Código 7331G-02 | 30 horas-aula

    O Domínio do método científico na formação de pesquisadores e docentes. Auditoria da hipótese e do desenvolvimento da proposta investigada. Análise crítica da construção da dissertação e tese. Apresentação e discussão dos projetos de pesquisa por pares e professores.

  • Avaliação Crítica de Projetos de Pesquisa II

    Código 7333B-02 | 30 horas-aula

    O domínio do método científico na formação de pesquisadores e docentes. Auditoria da hipótese e do desenvolvimento da proposta investigada. Análise crítica da construção da dissertação e tese. Apresentação e discussão dos projetos de pesquisa por pares e professores.

  • Bioestatística Odontológica

    Código 83293-02 | 30 horas-aula

    A disciplina tem como proposta fornecer uma introdução aos aspectos essenciais da estatística e suas aplicações na pesquisa odontológica. Propiciar o conhecimento dos elementos da inferência estatística e auxiliar na identificação e escolha dos principais procedimentos estatísticos básicos que ocorrem na prática. Apresentar os fundamentos para o cálculo do tamanho da amostra nas diferentes situações da pesquisa odontológica.

  • Bioquímica De Processos Fisiológicos E Patológicos

    Código 73164-02 | 30 horas-aula

    Estudo das estruturas e funcionalidade dos principais compostos biológicos no contexto de processos fisiológicos e patológicos.

  • Bioética Em Odontologia

    Código 83274-02 | 30 horas-aula

    Tem como objetivo o estudo sistemático dos temas ou das questões de valor, assim como dos dilemas éticos que emergem do campo teórico e prático das Ciências Biomédicas.

  • Bases Moleculares da Neurogênese Embrionária e Neuroplasticidade

    Código 1931B-02 | 30 horas-aula

    As etapas da formação do sistema nervoso central (SNC) podem ser consideradas um grande concerto com a regência de diferentes moléculas sinalizadoras que desencadeiam uma cascata de processos dependentes e complementares até formação de todas as estruturas do SNC bem como suas distintas funcionalidades. O cérebro humano é um quebra cabeça de mais de 100 bilhões de peças que devem ser acuradamente direcionadas para seu único e específico local. A capacidade do cérebro de mudar suas conexões e comportamentos em resposta a novas informações, estimulação, desenvolvimento, dano ou disfunção é apresentada como uma nova ferramenta adaptativa denominada de neuroplasticidade. Embora as redes neurais exibam modularidade e desempenhem funções específicas, elas também possuem a capacidade de se desviar de suas funções habituais e de se reorganizarem. A disciplina Bases Moleculares da Neurogênese Embrionária e Neuroplasticidade apresenta uma visão abrangente de entendimento do SNC, desde sua formação embrionária até a neurogênese no cérebro adulto, norteando situação clínicas e patológicas relacionadas às malformações cerebrais e as novas alternativas de terapia para recuperação tecidual do SNC.

  • Biologia do Envelhecimento

    Código 40504-04 | 60 horas-aula

    Estudo dos fenômenos biológicos envolvidos no processo de envelhecimento caracterizando as diferentes fases nos organismos vivos. Análise das diferentes teorias que procuram explicar o envelhecimento e os fatores endógenos e exógenos que interferem neste processo. Mecanismos de senescência replicativa: mecanismos estocásticos, transdução de sinais e regulação da proliferação celular, mecanismos genéticos. Modelos experimentais para o estudo do envelhecimento. Fatores genéticos envolvidos no processo de senescência. Mecanismos celulares e moleculares da imunossenescência. Perfil de risco imunológico. Envelhecimento imune prematuro. Modulação da imunossenescência.

  • Bioética

    Código 33329-02 | 30 horas-aula

    Esta disciplina tem como principal objetivo refletir sobre a vida e o viver em atividades da área da Saúde na perspectiva da Bioética Complexa. Serão discutidos temas relacionados às atividades clínicas realizadas no âmbito da Medicina e das demais áreas afins da saúde, envolvendo: relação profissional-paciente; privacidade e confidencialidade; processo de consentimento e decisão orientada; início e final de vida, incluindo cuidados paliativos; transplantes de órgãos e transfusão de sangue; alocação de recursos na área da saúde.

  • Chest Imaging Seminars

    Código 1939R-02 | 30 horas-aula

    A série de seminários de imagem torácica da Universidade da Flórida apresenta um conjunto abrangente de palestras educacionais e discussões interativas de casos, cobrindo tópicos importantes e oportunos em imagens do tórax, incluindo TCAR e doença pulmonar difusa, doença das vias aéreas, infecção pulmonar, massas mediastinais, diagnóstico de nódulo pulmonar, rastreamento de câncer e diagnóstico de última geração de doenças cardiovasculares. A ênfase será colocada na interação com o público com tempo suficiente para perguntas e discussão. O curso é baseado em 20 palestras enriquecidas com imagens com mais 100 casos e artigos de revisão sugeridos para discussão aberta. As palestras serão das 12h00 às 13h00 e serão apresentadas ao vivo e transmitidas pelo Zoom.

  • Como Conseguir Financiamento Para Pesquisas Em Saúde?

    Código 193BE-01 | 15 horas-aula

    Melhorar o desenvolvimento de suas propostas para financiamento de pesquisa construindo propostas bem-sucedidas e competitivas. Esta disciplina oferece uma abordagem abrangente para o desenvolvimento de propostas para submissão a fundações e entidades privadas/governamentais. burnout. Espera-se que o aluno seja capaz, com esse treinamento, de melhorar suas habilidades de escrita e planejamento, a fim de aumentar suas chances de arrecadação de financiamentos de pesquisa na área de saúde.

  • Cardiologia Básica e Pesquisa

    Código 33335-02 | 30 horas-aula

    A disciplina prevê a análise, apresentação e discussão dos principais estudos clínicos dentro das linhas de pesquisa da área cardiológica, que permite atualização terapêutica com ênfase na cardiologia baseada em evidências.

  • Cirurgia Experimental

    Código 23399-02 | 30 horas-aula

    A disciplina prevê a análise, o desenvolvimento e a execução de protocolos experimentais na área cirúrgica e clínica.

  • Células – Tronco e Medicina Regenerativa: da Pesquisa Básica Ao Ensaio Clínico

    Código 1932F-02 | 30 horas-aula

    As células-tronco representam uma unidade natural do desenvolvimento embrionário e da reparação tecidual e constituem um subconjunto de células imaturas, que têm como característica serem indiferenciadas e não especializadas. Assim, estas células apresentam a capacidade tanto de se autorregenerar, quanto de se diferenciar através de uma determinada via molecular e originar diferentes linhagens celulares, sendo responsáveis pelo reabastecimento tecidual ao longo da vida e estão presentes na maioria dos tecidos, tais como, o sangue, a pele, o fígado, o coração e o cérebro. Como resultado do progresso contínuo do conhecimento a respeito da capacidade regenerativa dos tecidos adultos e do potencial terapêutico das células-tronco, houve um grande aumento no interesse na elucidação de estratégias baseadas em terapia celular para o tratamento de doenças das mais diversas ordens. A disciplina “Células-tronco e medicina regenerativa: da pesquisa básica ao ensaio clínico” apresenta os conceitos básicos de diferenciação, caracterização e classificação de células-tronco embrionárias e adultas em uma visão atualizada do estado da arte da terapia com células-tronco, além de novas tecnologias de isolamento de microvesículas, edição gênica para geração de células precursoras, organoides e órgãos quiméricos para transplantes.

  • Dinâmicas e Politicas da Pesquisa Cientifica

    Código 7311B-02 | 30 horas-aula

    A presente disciplina tem como objetivo estimular discussões sobre as políticas de pesquisa no Brasil, incluindo os mecanismos de avaliação da CAPES e de cientometria. Também se propõe a discutir as formas de obtenção de fomentos para a ciência, com vistas a abordar diferentes modalidades dos Editais. Ademais, uma das propostas da disciplina é discutir a carreira científica no Brasil e no exterior e as possibilidades de inserção no mercado. Serão ainda contempladas discussões sobre as distinções entre áreas de concentração, bem como diferenças regionais, entre outros temas controversos em ciência. Será abordado o processo de revisão por pares, tanto de projetos, quanto de trabalhos científicos submetidos a revistas indexadas. Parte das aulas será voltada para a discussão de aspectos éticos em pesquisa, incluindo temas como plagiarismo, coautoria, publicação de resultados negativos, entre outros. Será realizada atividade de treinamento nos quesitos de avaliação de trabalhos de conclusão, incluindo dissertações e teses.

  • Discussão crítica da produção científica na formação docente

    Código 73307-02 | 30 horas-aula

    A disciplina prevê revisão de artigos científicos e sua análise crítica na formação docente. Da relevância da pesquisa para o meio. Da abordagem metodológica proposta para a resposta à pergunta de pesquisa. Da fundamentação das conclusões nos resultados encontrados. Da pertinência na discussão e reconhecimento das limitações e possibilidades do estudo.

  • Docência e Pesquisa em Saúde

    Código 23395-02 | 30 horas-aula

    A disciplina de Docência e Pesquisa em Saúde prevê revisão dos procedimentos necessários à gestão da sala de aula, reforço crítico à ideia de pesquisa e reconhecimento das ferramentas necessárias ao desenvolvimento da atividade docente.

  • Epidemiologia Odontológica

    Código 83292-02 | 30 horas-aula

    Aborda de forma teórica os princípios básicos da epidemiologia, identificando os indicadores biossociais dos processos saúde-doença da cárie e da doença periodontal, buscando identificar as interrelações existentes no âmbito coletivo. Os objetivos específicos são: identificar a natureza do estudo epidemiológico; descrever os diferentes métodos epidemiológicos; nomear e caracterizar os índices de natureza epidemiológica relativos à cárie e doença periodontal; estabelecer as principais interrelações entre os indicadores biológicos e sociais com o desenvolvimento da cárie e doença periodontal; organizar levantamentos epidemiológicos; aplicar índices epidemiológicos de cárie e doença periodontal; analisar e interpretar os resultados de estudos de natureza epidemiológica.

  • Effectively Communicating Research (Comunicação Efetiva no Meio Científico)

    Código 7331E-02 | 30 horas-aula

    Communication and leadership are essential parts of your research and a crucial component for a successful career as a researcher. This class creates learning opportunity for students who are in the process of writing for publication or creating communication materials for scientific oral or poster presentations.

  • Escrita de Artigos na Língua Inglesa

    Código 1932B-02 | 30 horas-aula

    O desenvolvimento científico é um processo contínuo e sistemático de ações que visam contribuir para a excelência acadêmica, tendo por base o ensino e a pesquisa. A produção do conhecimento por si só, não é suficiente para a consolidação da capacitação dos alunos de pós-graduação. É necessário a divulgação do conhecimento para a comunidade científica e para a sociedade como um todo. A divulgação dos novos conhecimentos adquiridos na nossa Universidade e o compartilhamento dos saberes de maneira global somente poderá ser intensificado quando forem divulgados em uma linguagem comum aos pares, facilitando a interação entre instituições de ensino e pesquisa de diferentes países. Hoje, a internacionalização é mandatória para a continuidade do desenvolvimento e reconhecimento científico. Para isso, nossos alunos de pós-graduação deverão receber treinamento em redação científica em língua inglesa para a divulgação das suas produções para a comunidade científica em revistas de circulação internacional, como esperado para os programas de pós-graduação de excelência.

  • Evidencia Clínico – Epidemiológica

    Código 7331F-02 | 30 horas-aula

    Las recomendaciones clínicas engloban um análisis entre los benefícios y las desventajas (riesgos, costos, desconforto) de una determinada intervención. Para adaptar las recomendaciones al ámbito de la investigación y de la clínica, el profesional del área de la salud debe considerar las evidencias actuales y su evaluación subyacente. Um abordaje sistemático que considere la graduación y evaluación de la cualidad de las evidencias puede contribuir de manera efectiva con la práctica de la investigación y de la clínica.

  • Farmacologia Básica

    Código 63379-01 |

    Conceitos básicos em mecanismos moleculares das interações drogas-alvo, com ênfase em drogas que moculam a sinalização intracelular e as respostas celulares. Estrutura e função de receptores, vias de transdução de sinal. Discussões de artigos científicos, estudando exemplos de drogas que atuam em vias de sinalização celular.

  • Farmacologia da Inflamação

    Código 23394-02 | 30 horas-aula

    A presente disciplina tem por objetivo abordar vários aspectos relacionados com a farmacologia da inflamação, a saber: aspectos bioquímicos e moleculares dos eventos inflamatórios, com ênfase em modulação farmacológica. Serão contempladas as principais alterações vasculares e celulares em resposta a diferentes estímulos. Como tópicos de interesse, destacam-se: (1) o estudo de mediadores da resposta inflamatória, incluindo aqueles derivados de mastócitos (histamina e serotonina), mediadores lipídicos (prostanóides e leucotrienos), mediadores peptídicos (bradicinina e neurocininas), citocinas e fatores de crescimento, fatores quimiotáticos, mediadores do sistema complemento, óxido nítrico, entre outros; (2) componentes da fase de resolução inflamatória, envolvendo mediadores endógenos relacionados ao restabelecimento da homeostase e reparo tecidual; (3) principais grupos de células envolvidos nas várias fases da inflamação e conexão com a resposta imune; (4) principais receptores e rotas de sinalização, bem como, componentes dos sistemas de transdução intracelular; (5) inflamação associada com infecção e resposta inflamatória sistêmica; (6) correlação entre inflamação e câncer; (7) aspectos regulatórios da transcrição de moléculas implicadas na resposta inflamatória; (8) estudo dos mecanismos de ação dos principais fármacos utilizados no tratamento da inflamação; (9) Doenças inflamatórias crônicas.

  • Fisiopatologia da Proteólise

    Código 1935N-02 | 30 horas-aula

    Processos mediados por proteólise limitada apresentam importantes repercussões fisiopatológicas. O estudo de proteases, dos processos em que elas atuam e como estes são regulados tem um carácter multidisciplinar, envolvendo conhecimentos em bioquímica, biofísica e fisiologia dos sistemas envolvidos. A disciplina abordará conceitos fundamentais sobre enzimas proteolíticas e seus inibidores, e destaque especial será dado a patologias envolvendo proteólise limitada, de acordo com os tópicos a seguir: i. Enzimas proteolíticas: aspectos gerais ii. Inibidores de proteases: classes iii. Coagulação e fibrinólise iv. Sistema complemento v. Prohormônio convertases e oligopeptidases vi. Convertases e peptídeos amiloide vii. Caspases e apoptose viii. Proteassoma e ubiquitinação xi. Proteólise no desenvolvimento embrionário.

  • Formação do Professor e Profissão Docente Saúde

    Código 73399-02 | 30 horas-aula

    Percurso histórico da formação docente e do surgimento de escolas; Revisão sobre o processo ensino/aprendizagem/avaliação; Cenário da sala de aula, aproveitamento do espaço e método na aquisição do conhecimento; Reforço ao pensamento teórico e crítico da educação na área da saúde.

  • Formação e Informação em Pesq. Nefrológica

    Código 33345-02 | 30 horas-aula

    A formação de pesquisadores e professores demanda profundo domínio do método científico e desenvolvimento de investigação científica, aliado a um comportamento eticamente correto. A disciplina servirá como importante fator para o aperfeiçoamento dos alunos na metodologia científica e será ministrada da seguinte forma: Apresentação e discussão de projetos e execução da pesquisa, Revisão de publicações chaves da literatura, Seminários do grupo da nefrologia, Desenvolvimento de métodos e técnicas, Avaliação das publicações e temas de congressos, Auditoria dos projetos de pesquisa pelos professores da cadeira e convidados externos de outras áreas de concentração (Comitê avaliador de projetos).

  • Fundamentals Of Medical Imaging Technologies: An Interdisciplinary Approach

    Código 1932C-03 | 45 horas-aula

    The course will provide a comprehensive overview of the most relevant diagnostic imaging modalities used in radiology and nuclear medicine, covering both clinical and technical aspects, throughout an interdisciplinary approach. The course will introduce the physical principles underlying different medical imaging modalities along with examples of specific applications. The basic principles of digital image processing, including common terminology and the components that define image quality will be discussed. The ongoing research and new developments in molecular and hybrid imaging modalities will be discussed.

  • Gestão de Projeto de Pesquisa

    Código 63336-02 | 30 horas-aula

    Disciplina que aborda os princípios da elaboração e desenvolvimento de projetos de pesquisa, com destaque para aspectos da viabilidade especialmente no período do mestrado ou doutorado. (Aspectos de viabilidade: interesse no tema proposto, disponibilidade de tempo, mínima dependência de terceiros, amostra viável, tamanho amostral, disponibilidade de recursos e financiamento). Fornece os parâmetros básicos para planejamento, redação e desenvolvimento da pesquisa.

  • História Social Das Epidemias

    Código 1938R-04 | 60 horas-aula

    A disciplina busca discutir diferentes perspectivas teóricas (sobretudo saúde coletiva, psicologia, ciências sociais e educação) e textos fundamentais presentes no campo de estudos da história social das epidemias, com destaque particular para o HIV/AIDS, COVID-19 e saúde mental. Busca compreender ainda a forma como a resposta às epidemias foi construída no plano internacional, nacional e local (des)articulada a esses diferentes modelos. Aborda equidade em discussões sobre sexo/gênero e sexualidade e sua relação com a resposta política e técnica no campo do HIV/AIDS, Covid-19 e saúde mental. Serão priorizadas leituras de texto, comentários a filmes curtos, e seminários com profissionais que atuam na gestão, atenção à saúde, movimento sociais e grupos de pesquisa.

  • Imunologia Básica e Pesquisa

    Código 33326-02 | 30 horas-aula

    A disciplina tem como objetivos gerais fornecer a você conhecimentos básicos de Imunologia e permitir a atualização no que se refere ao enorme progresso do conhecimento vivenciado no âmbito da Imunologia Clínica nos últimos anos. Você será capaz no final do curso de entender os processos imunológicos fundamentais determinantes das defesas do indivíduo normal e dos fenômenos de inflamação e auto-imunidade, bem como reconhecer as associaçðes entre doenças e bagagem genéticas, principalmente no que concerne ao sistema de histocompatibilidade humano. Você estará apto a ler um artigo de Imunologia sem mais pensar que aquilo tudo é grego!

  • Medicina Molecular

    Código 33341-02 | 30 horas-aula

    O desenvolvimento da tecnologia do DNA recombinante, a partir da década de 70, tornou possível o entendimento das bases moleculares do genoma celular. Isto propiciou a compreensão de uma série de fenômenos ligados a replicação, transcrição e tradução das moléculas informacionais, abrindo caminho para o melhor entendimento do funcionamento celular em situações normais e em situações patológicas. Por outro lado, tais desenvolvimentos estabeleceram novos métodos laboratoriais para o diagnóstico de diversas patologias, muitas das quais completamente desconhecidas. Como exemplo, podemos citar o desenvolvimento de novas drogas para o tratamento racional de uma série de doenças. A disciplina de Medicina Molecular a ser ministrada aos alunos do Curso de Pós-Graduação em Clinica Médica e Ciências da Saúde da Faculdade de Medicina da PUCRS pretende dar continuidade às disciplinas básicas ministradas durante o curso de graduação em Medicina, tais como: microbiologia, imunologia, genética e bioquímica, introduzindo novos conceitos que surgiram nas últimas décadas em conseqüência do rápido desenvolvimento e aplicação de tal tecnologia na área da saúde. As novas áreas como vacinas de DNA e terapia gênica serão discutidos. O objetivo da disciplina é fornecer aos alunos os conhecimentos mínimos necessários na área de biologia molecular e biotecnologia para que os mesmos possam avaliar os artigos disponíveis na literatura científica relacionados com suas áreas de interesse, com uma visão mais crítica sobre o assunto.

  • Metodologia da Pesquisa Médica

    Código 33301-02 | 30 horas-aula

    Elementos sobre o método científico. Fundamentos para o planejamento de uma pesquisa epidemiológica. O funcionamento da pesquisa epidemiológica. Escolha do tema de pesquisa e hipótese. Apoio à pesquisa: elementos e habilidades que devemos ter para a prática da pesquisa. Os delineamentos de pesquisa mais comuns. Selecionando os sujeitos e realizando as medidas. Fundamentos de Bioestatística. Cálculo do tamanho de amostra. Questionários, instrumentos de coleta e o banco de dados. Implementando o estudo: vieses mais comuns. Analisando os dados, apresentando os resultados e elaborando o relatório final.

  • Metodologia de Avaliação em Pesquisa

    Código 63339-02 | 30 horas-aula

    O entendimento dos conceitos básicos de bioestatística é fundamental para o planejamento, coleta, avaliação e interpretação dos dados obtidos em pesquisas na área da saúde. Desse modo, essa disciplina visa qualificar o aluno para a descrição, análise básica e apresentação de dados de pesquisa.

  • Modelos Celulares e Ferramentas para Estudos In Vitro

    Código 1931C-02 | 30 horas-aula

    A rápida evolução da tecnologia médica e os novos pensamentos conceituais no campo da biologia aumentaram a necessidade da especialização do profissional da saúde na área da biologia celular e molecular. O campo de estudo da medicina celular e molecular é muitas vezes referido como a “medicina do amanhã”. O estudo dessa linha inovadora da medicina tem como objetivo fornecer uma compreensão de como os processos celulares normais alteram-se, falham ou são destruídos por insultos ambientais ou doenças, apresentando ferramentas disponíveis não somente para compor o trajeto translacional “da bancada para o leito” mas também atender a demanda de perguntas clínicas devolvendo entendimento e direcionamento terapêutico a partir de bases moleculares e celulares. O mapeamento do genoma humano e a ascensão das células-tronco pluripotentes induzidas (iPSC) foram quebras de paradigma na história de medicina moderna. Tecnologias avançadas, como análises de alto rendimento (sequenciamento, microarranjos e proteômica), silenciamento seletivo de genes e o uso de modelos celulares como linhagens, cultura primária e iPSC, nos permitem entender os mecanismos de genes, proteínas e vias de sinalização envolvidas na formação ou progressão de doenças, fornecendo uma base de compreensão totalmente nova dos sistemas biológicos e gerando possíveis hipóteses para o entendimento das patologias, além da possibilidade de geração de plataformas para testes de novas alternativas terapêuticas.

  • Métodos Laboratoriais Aplicados a Pesq.

    Código 7331B-02 | 30 horas-aula

    Estudo das principais técnicas laboratoriais, analisando seus princípios de funcionamento, suas limitações, interferentes e aplicação na pesquisa.

  • Métodos Quantitativos em Pesquisa Médica

    Código 73397-02 | 30 horas-aula

    Introdução à Estatística Médica; destatísticas descritivas; comparação de dados numéricos em grupos independentes ou emparelhados (t, ANOVA e não-paramédicos); correlação (Pearson/Spearman) e regressão linear simples; comparação de dados categóricos (qui-quadrado, exato de Fisher, distribuição binomial para intervalos de confiança), medidas de associação e seus intervalos de confiança.

  • Neurobiologia das Epilepsias

    Código 33332-02 | 30 horas-aula

    As investigações em epilepsia experimental e clínica tem permitido avançar no conhecimento das funções cerebrais. Assim, é importante o estudo dos aspectos básicos relativos a função do sistema nervoso e dos métodos de investigação funcional no contexto da neurobiologia das epilepsias.

  • Neurobiologia do Comportamento Humano

    Código 7333A-02 | 30 horas-aula

    O interesse na neurobiologia do comportamento tem aumentado exponencialmente, em paralelo com a disponibilidade de métodos para estudar o funcionamento cerebral in vivo. Cada vez mais nos interessamos pelos determinantes biológicos da forma como sentimos e agimos no mundo. A Neurociências tem buscado entender estes processos, com objetivo ultimo de avançar na prevenção e tratamento de doenças mentais. Em linhas gerais, nesta disciplina vamos estudar o que está ‘por trás’ do comportamento e das emoções humanas.

  • Neurobiologia do Estresse

    Código 19347-02 | 30 horas-aula

    Explorar os conceitos de estresse, saúde e doença, com um foco particular na literatura histórica e atual. Abordará múltiplas dimensões no estudo do estresse: genéticas, epigenéticas, moleculares, celulares, fisiológicas e cognitivas, especialmente no contexto da pesquisa imunoendócrina e neurocientífica. Estudo da resposta individual ao estresse, como fatores genéticos e ambientais desempenham um papel, como se traduz em condições fisiológicas e mentais e condições patológicas ou de sáude.

  • Neuroepigenética

    Código 1933G-02 | 30 horas-aula

    Pesquisa básica e aplicada em relação aos aspectos epigenéticos e moleculares da cognição e transtornos mentais.

  • Neuroimagem da Cognição Humana

    Código 63405-02 | 30 horas-aula

    Estudam-se métodos de neuroimagem funcional, novas técnicas de análise de neuroimagens e as bases neurais de processos cognitivos superiores (compreensão da linguagem, funções executivas, raciocínio espacial).

  • Neuroimunologia

    Código 7331C-02 | 30 horas-aula

    Nesta disciplina serão abordados os mecanismos imunológicos envolvidos em doenças inflamatórias do sistema nervoso central (SNC) e periférico. Serão abordados doenças imunomediadas como esclerose múltipla, neuromielite óptica, encefalites imunomediadas, síndrome de Guillain-Barré, e complicações neuroimunológicas de infecções virais. As aulas não serão limitadas a apresentar a fisiopatologia destas doenças, mas visam promover um fórum de discussões em torno da complexa interação entre os sistemas imune e nervoso. Os alunos serão estimulados a ter uma visão crítica acerca da literatura científica e refletirem sobre possíveis pesquisas básicas e clínicas nestas doenças.

  • Obesidade e Síndrome Metabólica

    Código 33336-02 | 30 horas-aula

    A disciplina tem a finalidade de oportunizar uma visão da doença em seus aspectos históricos, epidemiológicos, saúde pública e economia do país e do mundo, etiopatogenia, diagnóstico, manejo terapêutico clínico e cirúrgico, prevenção e pesquisa nos diversos campos de sua abrangência no momento atual e suas perspectivas.

  • Obesidade e síndrome metabólica: uma visão multidisciplinar

    Código 63337-02 | 30 horas-aula

    A disciplina tem a finalidade de oportunizar ao aluno uma visão global do tratamento multidisciplinar do paciente obeso mórbido, que envolve o atendimento conjunto de cirurgiões, clínicos, nutricionistas, psiquiatras, psicólogos, assistente social, enfermagem e fisioterapia.

  • Oficina de Redação Científica

    Código 33328-02 | 30 horas-aula

    Disciplina que visa treinar e aperfeiçoar o aluno para a produção científica na área de concentração em Nefrologia. Revisar as orientações atuais sobre produção científica. Revisar os critérios de produção científica adotados por instituições nacionais e internacionais. Preparar o pós-graduando para redação de artigos científicos, teses e dissertações.

  • Pesq. e Redação de Artigos em Diagnóstico por Imagem

    Código 7331D-02 | 30 horas-aula

    A disciplina visa desenvolver as habilidades em pesquisa e o conhecimento em diagnóstico por imagem das doenças que acometem os pacientes, com ênfase nas avaliações metodológicas dos estudos.

  • Pesquisa em Estudos de Acurácia com Ênfase no Diagnóstico por Imagem

    Código 7331A-02 | 30 horas-aula

    Desenvolvimento da pesquisa e do conhecimento na área do “Diagnóstico por Imagem em Clínica Médica”.

  • Pharmacotherapy Of Neurological And Psychiatric Disorders

    Código 1932A-01 | 15 horas-aula

    A neurofarmacologia é o estudo do efeito das drogas no cérebro. Os seminários exploram os conceitos e as pesquisas atuais em neurociência cognitiva, incluindo percepção, estrutura e organização cerebral, cognição, memória e a base funcional de certas doenças neurológicas e psiquiátricas humanas. (por exemplo, esquizofrenia, depressão e narcolepsia). O objetivo deste curso é proporcionar aos alunos a oportunidade de adquirir o conhecimento teórico e aplicado da neurofarmacologia que lhes permitirá avançar no desenvolvimento de uma carreira em neurofarmacologia, seja em uma instituição acadêmica, em um instituto de pesquisa ou no setor industrial / de negócios.

  • Princípios de Biologia Molecular

    Código 63416-02 | 30 horas-aula

    Conhecer os principais conceitos teóricos e práticos da área de biologia molecular, aplicada a área da saúde, focando nos principais temas científicos atuais de terapias utilizando biologia molecular.

  • Prática de Metodologia Epidemiológica

    Código 20500-02 | 30 horas-aula

    A disciplina objetiva a reflexão crítica sobre o método científico e sua utilização prática no desenvolvimento da pesquisa. Desenvolve, de forma prática, os conceitos de epidemiologia clínica e bioestatística, através da sua utilização nos projetos de pesquisa desenvolvidos pelos alunos da pós-graduação. Permite a discussão de todos os elementos de um projeto de pesquisa, com ênfase nos métodos utilizados por cada aluno no seu projeto de pesquisa.

  • Prática em Software de Pesquisa Médica

    Código 63348-04 | 60 horas-aula

    O domínio de ferramentas de informática é fundamental para realização de pesquisa na área da saúde. O objetivo desta disciplina é explorar, de maneira prática, softwares importantes na área de pesquisa médica. O foco será em recursos online, planilhas, programas gráficos, programas de estatística, processadores de texto, e de manejo de referências bibliográficas.

  • Psicobiologia e Neurociência Cognitiva dos Transtornos Mentais

    Código 31356-02 | 30 horas-aula

    Pesquisa básica e aplicada em relação aos aspectos psicobiológicos e moleculares dos transtornos mentais. Neurociência cognitiva dos transtornos mentais.

  • Reporting Guidelines: How To Write A Good Research Paper

    Código 1933B-02 | 30 horas-aula

    Authors of research articles frequently forget to report details about their study, which are important for readers to know. This class creates opportunity for fellows who are in the process of writing for publication to achieve accurate and transparent reporting of all sorts of health research studies. Goals: Understand the structure of content that is appropriate and how to achieve the highest quality for manuscripts based on different reporting guidelines Promote the use of reporting guidelines and good research practices through a training class Achieve accurate reporting of research studies to support future reproducibility and usefulness Undertake research projects enhancing the value of health-related research With the guidance of the course faculty, participants may acquire the tools necessary to report their science appropriately.

  • Research Methodology: Methods And Techniques

    Código 7334J-01 | 15 horas-aula

    Designing and adhering to the appropriate methodology is fundamental for improving the quality of research. The methodology may differ from problem to problem, yet the basic approach towards research remains the same.

  • Saúde De Populações Em Situação De Vulnerabilidade

    Código 193BK-01 | 15 horas-aula

    Serão discutidas os determinantes biopsicossociais e particularidades do atendimento em saúde de populações em situação de vulnerabilidade. Inicialmente, definir-se-á o contexto de vulnerabilidade, permitindo a identificação das principais populações em situação de vulnerabilidade. Dentre elas, pessoas com adoecimento mental, pessoas com deficiência física, populações privadas de liberdade, pessoas vivendo com HIV, pessoas com albinismo, comunidades tradicionais, pessoas em contexto rural, minorias de sexo e de gênero, mulheres cis, idosos, populações em situação de rua e população negra. Nesse ponto, será utilizado viés de interseccionalidade para explorar a interação entre fatores sociais vulnerabilizantes. Serão realizados seminários com discussão de estudos-chave e textos clássicos aprofundando particularidades do atendimento em saúde das minorias de sexo e de gênero, mulheres cis, idosos, populações em situação de rua e população negra.

  • Seminário Interdisciplinar: Pesquisa, Teoria E Prática

    Código 1937R-01 | 15 horas-aula

    A disciplina compreende apresentações de seminários científicos por pesquisadores (com doutorado) das diversas áreas básicas e aplicadas das Ciências da Saúde, com ênfase na Medicina. Após a apresentação do tema, segue-se um período de discussão com o palestrante e com a participação dos alunos. Os objetivos da siciplina são” ▪ Proporcionar aos alunos o contato com as diversas linhas de pesquisa que abrangem a Medicina e ciências afins, promovendo desta forma, a integração dos conhecimentos; ▪ Proporcionar aos alunos a oportunidade de conhecer diversas áreas da pesquisa científica de relevância dentro na Medicina e ciências afins através da apresentação de seminários por pesquisadores (com doutorado) provenientes de renomadas Instituições de ensino/pesquisa locais, nacionais e internacionais; ▪ Desenvolver as habilidades de visão crítica e participação em discussões científicas. Os seminários serão compartilhados com o ciclo de palestras “Reuniões Científicas do INSCER”, de frequência semanal, que ocorrem nas 4as.feiras, das 12:00 às 13:00. Em função da pandemia, os seminários seguem um modelo híbrido, podendo o palestrante optar por fazer presencial ou remoto, Os alunos podem assistir pelo ZOOM ou estarem presentes no anfiteatro do INSCER, com plateia para até 200 pessoas. As palestras são gravadas e disponibilizadas no canal do YouTube do InsCer.

  • Sem. em Farmacologia Bioquímica e Mol.

    Código 63380-02 | 30 horas-aula

    Os temas abordados na disciplina incluem os principais mecanismos bioquímicos e moleculares envolvidos na ação dos fármacos. Como tópico de interesse, destacam-se: (1) o estudo de mediadores e aspectos bioquímicos e moleculares de receptores farmacológicos: receptores acoplados a proteínas G; receptores acoplados a tirosina quinases; receptores nucleares; canais iônicos; enzimas; transportadores, entre outros; (2) métodos de biologia molecular: clonagem de receptores, transgenia, knockout, knockdown, transfecção heteróloga, mutações sítio dirigidas; (3) principais rotas de sinalização e componentes dos sistemas de transdução intracelular; (4) estudo dos mecanismos de ação das principais fármacos utilizados na farmacoterapia atual.

  • Seminários de Orientação em Pesquisa

    Código 23391-02 | 30 horas-aula

    A realização da Dissertação ou Tese respectivamente nos cursos de Mestrado e Doutorado constitui-se em uma parte de fundamental importância nos cursos de pós-graduação. A apresentação dos respectivos trabalhos durante sua fase de elaboração serve para aperfeiçoamento da pesquisa bem como, permite divulgar entre o corpo discente e docente do curso as pesquisas em andamento na Instituição.

  • Seminários em Cirurgia Oncológica

    Código 13332-02 | 30 horas-aula

    A disciplina fornece uma visão abrangente e multidisciplinar sobre conceitos atuais em cirurgia oncológica.

  • Seminários em Oncologia

    Código 1932E-02 | 30 horas-aula

    Estudo e apresentação de trabalhos científicos relevantes sobre o tema e publicados em revistas de alto impacto (nos 12 meses anteriores a apresentação) ao longo de 15 encontros. As atividades envolverão preparo de um artigo para apresentação, discussão e avaliação crítica. Conforme a área dos artigos selecionados poderão ser convidados outros professores do PPG para participarem da discussão do artigo.

  • Tecnologia Digital e Análise de Imagens em Ciências da Saúde

    Código 73308-02 | 30 horas-aula

    A disciplina visa familiarizar o aluno com conceitos básicos em informática aplicada à medicina, em especial imagens médicas, assim como trazer uma atualização sobre equipamentos de uso comum como: videocâmeras, câmeras fotográficas digitais e outros dispositivos acoplados a diferentes equipamentos, como microscópios e endoscópios.

  • Topics in Kinases

    Código 1939B-01 | 15 horas-aula

    A disciplina visa ampliar os conhecimentos na área das proteínas quinases e as vias de sinalização relacionadas. Para tanto, serão abordados os seguintes tópicos: (1) O estudo das cascatas de sinalização das quinases e suas funções; receptores acoplados a tirosina quinases; (2) As quinases como alvos farmacológicos (3) Principais mecanismos enzimáticos das quinases; (4) Estratégias para o desenho de novas moléculas e tipos de inibidores.

  • Translational Psychiatry

    Código 1936R-01 | 15 horas-aula

    A disciplina promoverá especificamente: (1) uma apreciação do papel dos estudos experimentais e científicos básicos do cérebro na compreensão de transtornos psiquiátricos; (2) conhecimento dos tratamentos com drogas disponíveis para transtorno psiquiátrico; (3) uma compreensão da neurobiologia e transtorno do humor, esquizofrenia, transtornos de ansiedade, transtornos relacionados ao estresse e vícios; (4) o conhecimento das pesquisas atuais sobre drogas de abuso, com ênfase nos canabinóides, e o debate sobre o uso dessas drogas para fins medicinais.

  • Técnica para o Estudo do Comportamento Animal

    Código 33333-02 | 30 horas-aula

    A presente disciplina visa apresentar ao aluno conceitos amplamente utilizados na área da neurobiologia do comportamento com especial ênfase nas técnicas de avaliação comportamental e de analise bioquímico-farmacológico dos processos subjacentes à formação e expressão de memórias.

  • Venenos e Toxinas Naturais: das Moléculas aos casos clínicos

    Código 63444-02 | 30 horas-aula

    O estudo dos venenos animais (répteis, antrópodes, moluscos) e toxinas naturais (microbianas e de plantas) tem natureza multidisciplinar, abordando desde aspectos estruturais das moléculas tóxicas, passando por seus mecanismos de ação e como esses se manifestam nos pacientes, até o tratamento dos casos clínicos. Outra vertente do estudo dessas moléculas é o desenho de novas drogas terapêuticas com base em toxinas, a partir do conhecimento de suas interações com alvos celulares. Nesse contexto,a disciplina propõe abordar os principais grupos de proteínas e peptídeos tóxicos encontrados em venenos animais, bem como toxinas produzidas por plantas e bactérias. Serão abordados aspectos moleculares e mecanismos de ação dos principais grupos de toxinas proteicas e peptídicas, bem como discussão de casos clínicos representando cada tipo de veneno/toxina. Os grupos de toxinas a serem abordados são: 1. fosfolipases de venenos de serpentes e artrópodes: hemotoxinas, neurotoxinas e miotoxinas; 2. toxinas que interferem com proteínas G: ADP-ribosilases (toxinas da cólera e toxina pertussis) shiga toxins; 3. toxinas clostridiais e antrax zinco – metaloproteinases (toxinas tetânicas e botulínicas); 4. toxinas que interferem na síntese proteica: RNA N-glicosidases (ricina e abrina) ADP-ribolisases (toxina diftérica, pseudômonas exotoxina A); 5. toxinas que afetam canais iônicos, serpentes (A-bungatoxina, three-fingers, fosfolitases) artrópodes (tityustoxina, A-latrotoxina, charabtoxina, etc.) moluscos (conotoxinas).

  • Ética

    Código 23392-02 | 30 horas-aula

    A Ética se constitui em um dos campos principais do pensamento filosófico, e assume crescente importância frente à variedade de graves questões que se apresentam ao ser humano na contemporaneidade. O objetivo principal da Disciplina é, em primeira linha, situar claramente a importância fundamental da Ética no conjunto das disciplinas filosóficas, científicas e humanas em geral e, a partir daí, estudar inicialmente modelos historicamente referenciados de compreensão da ética em suas questões mais relevantes, em um corte contemporâneo, discutindo chaves de leitura e preparando uma abordagem madura de temas éticos importantes, não só em termos filosóficos, mas em termos dos interesses acadêmicos diversos que caracterizam as preocupações dos profissionais da saúde hoje em dia. Mais do que o mero arrolamento histórico de modelos de abordagem de questões éticas, embora se procure não descurar dos referenciais clássicos, pretende-se uma introdução consistente ao estudo das condições contemporâneas de compreensão das grandes questões éticas que possa, inclusive, facilitar o acesso a estruturas de compreensão das questões éticas e históricas tradicionais ao longo da história da filosofia e preparar a subseqüente disciplina de Bioética em suas diversas vertentes e variáveis.

  • Ética e Integridade na Pesquisa

    Código 19302-02 | 30 horas-aula

    Atualmente, com a grande facilidade de obtenção de conhecimento e de dados por meio das redes sociais e internet, é crescente o número de casos de má-conduta na execução e publicação das pesquisas em todo o mundo, levando a perda da credibilidade das publicações científicas. Esta disciplina tem por objetivo orientar os alunos a respeito das boas práticas em pesquisa, desde a execução de seus projetos até a publicação dos resultados, salientando a importância do registro adequado dos dados das pesquisas.

Coordenador

Prof. Dr. Alexandre Vontobel Padoin | [email protected]

Comissão Coordenadora

Prof. Dr. Alexandre Vontobel Padoin (Coordenador do PPGMCS e Clínica Cirúrgica) | [email protected]
Prof. Dr. Douglas Kazutoshi Sato (Neurociências) | [email protected]
Profa. Dra. Gabriela Heiden Telo Fay (Clínica Médica) | [email protected] 
Prof. Dr. Maurício Reis Bogo (Farmacologia Bioquímica e Molecular) | [email protected]
Mariane Amado de Paula (Representante Discente) – [email protected]

Núcleo Administrativo

Analista Administrativo Éverton da Silva Rodrigues | [email protected]
Assistente Administrativo Maria Isadora Vieira dos Santos | [email protected]

  • Acordos de Cooperação Nacional e Internacional

    Área de Concentração em Neurologia:

    Instituto de Biologia celular e Neurofisiologia da Universidade de Buenos Aires
    Departamento de Neuroquímica da Universidade Federal de Minas Gerais – UFMG
    Instituto Ludwig de São Paulo

    Área de Concentração em Nefrologia:

    Universidade Federal de São Paulo – UNIFESP
    Instituto do Coração da Universidade de São Paulo – INCOR/USP
    Universidade Federal de Rio Grande do Sul – UFRGS
    University of Mississipi
    King’s College of London
    Mayo Clinic

    Área de Concentração em Clínica Médica:

    Mount Sinai Hospital – University of Toronto-Toronto (Canadá)
    Universidade Federal do Rio Grande do Sul – UFRGS
    Universidade de Brasília – UnB
    Universidade Federal de Minas Gerais – UFMG
    Universidade Federal da Bahia – UFBA

    Área de Concentração em Clínica Cirúrgica:

    Centro de Pesquisa de Strasbourg/França

  • Secretaria Virtual

    RESOLUÇÃO nº 003.2022
    Regulamento do PPG em Medicina e Ciências da Saúde
    Manual do Aluno do PPG em Medicina e Ciências da Saúde (março_2024)

    Aproveitamento/Cancelamento de disciplinas

    Instrução Normativa 01/22

    Cancelamento de disciplina

    A solicitação de cancelamento de disciplina deve respeitar as datas definidas de acordo ao calendário acadêmico estabelecido pela Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação (PROPESQ).

    Coorientação

    O provável Coorientador deve ter titulação de doutor, deve contar, obrigatoriamente, com regime de trabalho de tempo integral, dedicação exclusiva ou 40 horas em uma instituição de Ensino Superior, ou ser bolsistas de Pós-doutorado da PUCRS. A solicitação deverá ser feita por parte do orientador principal, com o aceite formal do provável coorientador. Será analisada pela Comissão Coordenadora do PPGMCS e, se aprovada, será encaminhada à Câmara de Pesquisa e Pós-Graduação, iniciando formalmente somente após a aprovação da PROPESQ. O discente deve ser coorientado por no mínimo um semestre.

    Para solicitação, enviar à secretaria:

    Documentos que devem ser entregues quando docente PUCRS

    Requerimento de solicitação devidamente preenchido e assinado;

    • Carta convite redigida pelo orientador principal ao provável coorientador, com a justificativa da importância da expertise do docente convidado para o trabalho do discente;
    • Carta do aceite formal do docente convidado.

    Documentos que devem ser entregues quando docente externo

    Requerimento de solicitação devidamente preenchido e assinado;

    • Carta convite do orientador principal ao provável coorientador, com a justificativa do orientador principal, com as atividades detalhadas, bem como, a importância da expertise do docente convidado para o trabalho do discente;
    • Carta do aceite formal do docente convidado;
    • Carta de concordância da instituição de vínculo do docente convidado, emitida pelo PróReitor, Diretor da UA, Chefe de Departamento ou Coordenador de PPG, em papel timbrado.

    Documentos que devem ser entregues quando for Bolsistas de Pós-Doutorado da PUCRS:

    Requerimento de solicitação devidamente preenchido e assinado;

    • Carta convite do orientador principal ao provável coorientador, com a justificativa do orientador principal, com as atividades detalhadas, bem como, a importância da expertise do bolsista de Pós-Doutorado convidado para o trabalho do discente;
    • Carta do aceite formal do bolsista de Pós-Doutorado convidado;
    • Carta de concordância formal do docente responsável pelo projeto de pesquisa no qual o bolsista está vinculado, incluindo informações relacionadas a vigência do projeto.

    A coorientação de docentes externos ao PPGMCS, está condicionada à permanência do aluno no curso. A coorientação de bolsistas de Pós-Doutorado, poderá estar condicionada à permanência como Pós-Doutorando.

    Conclusão de curso

    Orientações para Conclusão de Mestrado
    Carta para indicação da Comissão Examinadora de Mestrado

    Exame de Qualificação

    Orientações para o Exame de Qualificação
    Carta para indicacao da Comissão Examinadora Qualificação
    Roteiro para apresentações públicas de Dissertações e Teses

    Alunos Bolsistas

    Relatório de Desempenho Semestral de Alunos Bolsistas

    Regulamento CAPES do Programa de Excelência Acadêmica (PROEX)
    Bolsas CNPq por quota País – Mestrado (GM) e Doutorado (GD)
    Declaração IR CAPES
    Declaração IR CNPq

    Estágio Docência

    Relatório Final de Estágio Docência

    Requerimento de Solicitação de Estágio Docência

  • Projetos

    Orientações para entrega do projeto disponíveis no Manual do Aluno

    Links úteis:

    SIPESQ
    Comissão Científica
    CEP
    CEUA
    Plataforma Brasil

  • Alunos

    Nome Lattes
    ALLAN MARINHO ALCARA Link
    ANNA PAULA VILLAS-BOAS Link
    ANTONIO BENINCA ALBUQUERQUE Link
    BARBARA DUTRA PETERSEN Link
    BEATRIZ BOHNS PRUSKI Link
    BIANCA DE NEGRI SOUZA Link
    CAMILA BORGES MOSMANN MELERE Link
    CAMILA HENZ SCARPATTO Link
    CAMILA MARTINS BROCK Link
    CAMILO ALEXANDRE JABLONSKI Link
    DAISSY LILIANA MORA CUERVO Link
    DEBORA SARTORI GIARETTA Link
    DEIZE FERREIRA FRANCA Link
    EDUARDO ANDRE GOMES KRIEGER Link
    ENIO ZIEMIECKI JUNIOR Link
    FABIANO RAMOS Link
    FABIO JEAN VARELLA DE OLIVEIRA Link
    FELIPE AUGUSTO KUNZLER Link
    FERNANDA GUADAGNIN Link
    FERNANDO SABINO MARQUES MONTEIRO Link
    FLAVIANA FREITAS PEDRON Link
    FRANCINE NUNES PEREIRA Link
    GABRIELA WEIRICH NECULQUEO Link
    GESSICA PERES Link
    GIORDANI RODRIGUES DOS PASSOS Link
    GUILHERME ARRACHE GONCALVES Link
    GUILHERME CAMARGO BRITO Link
    GUTIERRE NEVES DE OLIVEIRA Link
    ISABEL CRISTINA HENTGES Link
    ISABEL CRISTINA REINHEIMER Link
    ISABELA ALBUQUERQUE SEVERO DE MIRANDA Link
    JEFFERSON BORGES DE OLIVEIRA Link
    JOAO PAULO LEAL SCHAMBECK Link
    JOAO VICENTE MACHADO GROSSI Link
    JULIA ZUBARAN DE OLIVEIRA Link
    LAISA HELENA SILVA SILVEIRA Link
    LIANA FERREIRA CORREA Link
    LIEVERSON AUGUSTO GUERRA Link
    LUCAS FRIEDRICH FONTOURA Link
    LUCIANA LETICIA STEIN Link
    LUIZA MACHADO KOBE Link
    MANASSES SOARES SOUZA Link
    MARCELO MENEGOTTO DONADEL Link
    MARCO ANTONIO EDUARDO KOFF Link
    MARIANE AMADO DE PAULA Link
    MARINA ESTRAZULAS Link
    MAURO THOME LOPES Link
    MAYARA ABICHEQUER BEER Link
    MICHELLE VIRGINIA EIDT Link
    NORMANDO GUEDES PEREIRA NETO Link
    RAFAEL CANANI SOMMER Link
    RAFAEL COSTA E CAMPOS Link
    RAFAEL DO AMARAL CRISTOVAM Link
    RAIRA MARODIN DE FREITAS Link
    RITA CAROLINA POZZER KRUMENAUER PADOIN Link
    RODRIGO CERQUEIRA BOMFIM Link
    SAMIR ANDRES RAMIREZ OJEDA Link
    SARAH SANDRI ZALEWSKI VARGAS Link
    TAIS AMARA DA COSTA DE SOUZA Link
    TAISE ROSA DE CARVALHO Link
    TATIANA ZOTTI PITAGORAS Link
    VANESSA DEVENS TRINDADE Link
    VICENTE DALL IGNA COTANDA Link
    VINICIUS CARRERA SOUZA Link
  • Horários

    Mesmo os alunos que já concluíram todos os créditos necessários, devem acessar o sistema e confirmar sua matrícula em orientação a cada semestre. Esse procedimento é obrigatório e essencial para que o aluno mantenha seu vínculo ativo com o PPG.

    Horários PPGMCS 2024/2

  • Valores válidos para ano 2024

    Público Valor
    Público Geral
    R$ 3.860,96

    Total de Parcelas

    O valor integral do Mestrado é parcelado em 24 mensalidades, que devem ser pagas na sua totalidade, mesmo que o estudante conclua o curso antes de dois anos. O valor do Doutorado é dividido em 42 mensalidades que, da mesma forma, devem ser pagas na totalidade, mesmo se o curso for concluído antecipadamente. Estudantes de Doutorado que ingressam logo após a conclusão do Mestrado na PUCRS, com 24 créditos já cursados, terão o número de mensalidades reduzido para 36. Caso não concluam o curso em até três anos, o pagamento é prorrogado até a conclusão, com prazo de 54 meses.

    Vencimentos e formas de pagamento

    O vencimento das mensalidades ocorre sempre no dia 15 de cada mês, exceto
    a primeira parcela (no ingresso ou reingresso) que vencerá conforme escala de
    matrículas. O aluno deverá realizar, antes da efetivação da matrícula, o
    pagamento da parcela do semestre.

    Será cobrado 2% de multa após o vencimento, mais encargos financeiros.
    A Universidade envia pelos correios o documento bancário para pagamento
    das parcelas. No caso do não recebimento do documento bancário até a data
    do vencimento, poderá ser solicitada uma segunda via em qualquer agência
    bancária do BRADESCO, mediante informação do CPF do aluno, solicitado
    pelo e-mail do Setor Financeiro, [email protected], ou realizado diretamente no Setor Financeiro Acadêmico da Universidade. O Setor Financeiro também envia o boleto para o e-mail cadastrado junto à secretaria do curso.

    Prorrogação

    Caso não tenha concluído o curso (incluindo a defesa da tese ou dissertação) após o período de pagamento das parcelas, o aluno poderá continuar matriculado, desde que mantenha o pagamento das mensalidades.

    Prorrogação

    Caso não tenha concluído o curso (incluindo a defesa da tese ou dissertação) após o período de pagamento das parcelas, o aluno poderá continuar matriculado, desde que mantenha o pagamento das mensalidades.

    Prazo máximo para conclusão

    O limite máximo para a conclusão do Mestrado é de 30 meses, e do Doutorado é de 54 meses, estabelecido no Regimento Geral da Universidade. A não conclusão do Programa de Pós-Graduação nesses prazos levará à exclusão do estudante.

    Reajustes

    Os valores das parcelas serão reajustados anualmente.

ESPAÇOS DE APRENDIZAGEM DA ESCOLA

Diversos espaços para desenvolvimento de atividades práticas, que complementam a teoria desenvolvida em sala de aula e preparam para o dia a dia do mercado.

Notícias

 

Ver todas
Ver todas