Programa de Pós-Graduação em

HISTÓRIA

Conceito CAPES – 5

O Programa de Pós-Graduação em História da Escola de Humanidades da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul tem se caracterizado cada vez mais por um perfil próprio, em que se destacam a formação acadêmica internacional, uma pluralidade temática no ensino e na pesquisa, bem como uma destacada interdisciplinaridade em suas abordagens.

Os professores da pós-graduação realizaram seus doutorados na Espanha, em Portugal, na Alemanha, na França, nos Estados Unidos, em São Paulo ou em Porto Alegre e têm uma gama muito variada de experiências profissionais. Esta formação internacional estimula o debate científico de interpretações distintas. Ao mesmo tempo, esta aparente divergência pode enriquecer-se na soma das contribuições convergentes, porque voltadas para a melhoria do nível de qualificação do ensino da Pós-Graduação.

Inscrições: De 29/04 a 30/06/2024

Duração mestrado: 18 a 30 meses

Duração doutorado: 24 a 54 meses

Email: [email protected]

Compartilhe este curso

  • Apresentação

    A Pós-Graduação em História da PUCRS foi a primeira do Estado do Rio Grande do Sul na sua área de conhecimento. O Programa iniciou sua atividade na década de 1970, com o Curso de Mestrado, contando muitas vezes com professores externos à Instituição. Na década de 1980, foi feito um grande investimento no treinamento e na contratação de novos professores titulados, possibilitando assim a criação em 1986 do Doutorado. Finalmente, o Conselho Federal de Educação credenciou o Doutorado e recredenciou o Mestrado, através do Parecer nº 638 de 1993. Desde então, o Mestrado e o Doutorado foram periodicamente recredenciados. De acordo com os critérios de avaliação da CAPES, o Programa de Pós-Graduação em História se inclui no país entre os cursos classificados como de excelência na área.

  • Objetivos

    O Programa de Pós-Graduação em História da PUCRS tem como objetivo acadêmico e institucional o estabelecimento de redes internacionais com o propósito de promover intercâmbios de docentes e discentes, além de uma circulação das produções historiográficas. As ações são estipuladas com o objetivo de promover maior visibilidade para as pesquisas e resultados da equipe, buscando a excelência intelectual e acadêmica. Para isto, o PPGH age no sentido de estabelecer diálogos e redes de investigação com instituições do Brasil e de vários institutos de pesquisa e ensino no mundo, notadamente com a Europa, principalmente Portugal e Espanha, devido a proposta Ibero-Americana do Programa, além de países que tradicionalmente dialogam com os docentes e discentes, como França, Itália, Reino Unido, Holanda, Bélgica, Alemanha, Hungria e Dinamarca. Na América as relações são estipuladas através de acordos e relações com os EUA, Argentina, Uruguai, Chile, México, Peru, Colômbia, etc. Uma forte relação tem sido estabelecida com a África Lusófona, principalmente Angola e Moçambique.

    Tais relações permitem uma inserção no debate historiográfico transnacional, pautando a proposta contida na área do PPGH, os Estudos Ibero-Americanos.

    O Programa busca o estimulo constante a pesquisa e a inserção do docente e discente a vida acadêmica nacional e internacional e para isso, busca-se de forma continua a relação de pesquisadores visitantes, do Brasil e exterior, além de investigadores em estágio pós-doutoral, que possibilita uma maior ampliação das redes de pesquisas.

  • Escopo

    A proposta maior do Programa de Pós-Graduação em História da PUCRS é a formação de pesquisadores e docentes em História, enfatizando uma prática aberta às experiências contemporâneas inter e multidisciplinares habilitados a abordagens teórico-metodológicas atualizadas e em diálogo com a produção de excelência internacional no campo da História.

  • Cultura e Etnicidade

    Privilegiam-se trabalhos de cunho transdisciplinar, promovendo a pesquisa histórica a partir de abordagens que transitam entre campos diversos das ciências humanas e sociais. Ao enfocar o universo ibérico e americano sob o ponto de vista das relações sociais, das práticas e saberes partilhados, da criação artística e da produção de conhecimento, a Linha abriga propostas que enfocam tanto fenômenos próprios à modernidade quanto experiências que transcendem seus paradigmas. As pesquisas desenvolvidas dentro da Linha contemplam estudos sobre representação, cultura visual e etnicidade: O campo de pesquisa sobre cultura abrange diversos temas de interesse histórico, analisados a partir das perspectivas da percepção, da atribuição de sentidos e da representação do real, em dada circunstância histórica. Voltando-se para o espaço cultural americano e ibérico, com ênfase nos séculos XIX e XX, as pesquisas nessa direção estendem-se às políticas sociais da memória, à criação artística e intelectual nas linguagens audiovisual e discursiva, englobando também trajetórias, performances, redes e intercâmbios materiais e simbólicos. A configuração de objetos nesse campo intenta dar a conhecer situações históricas determinadas conforme o universo de crenças, emoções e saberes que lhes conferiram inteligibilidade e sentido em seu próprio tempo. As pesquisas sobre arte, imagem e cultura visual problematizam a forma como os diversos tipos de imagens perpassam a vida social cotidiana constituindo a visualidade de uma época, relacionando as técnicas de produção e circulação das imagens às formas de se visualizar os diferentes grupos e espaços sociais, propondo um olhar sobre o mundo, mediando a nossa compreensão da realidade e inspirando modelos de ação social. Dentro da produção temática privilegiada pela Linha, as pesquisas sobre Etnicidade privilegiam o trânsito metodológico e a abordagem transdisciplinar entre a História, a Arqueologia e a Antropologia, que abriga temas desde o período Pré-colonial até pesquisas contemporâneas a respeito de diferentes grupos étnicos. Estudos voltados ao entendimento do contato interétnico do mundo Ibero-americano, em seus múltiplos registros documentais, que enfoquem a vida cotidiana e as manifestações culturais das populações indígenas, caboclas, quilombolas e demais povos à margem da história pré- e pós-contato colonial, com instrumentais epistemológicos para o desenvolvimento de análises não restritas ao dualismo reducionista das sociedades em contato.

  • Política, Intelectuais e Mídias

    Privilegiam-se os aspectos de formação, de desenvolvimento, de organização e de difusão de conceitos, discursos e práticas políticas, inseridos no processo histórico e em seu contexto social. A linha de pesquisa, em diálogo com a História Política Renovada, fundamenta-se teoricamente na literatura especializada, especialmente de origem francesa e anglo-saxônica, considerando as múltiplas dimensões do político. Os diversos atores, individuais, coletivos e institucionais que transitam neste universo múltiplo do político são temas de pesquisa desta linha, com especial atenção para os intelectuais, as ideias atinentes ao político e seus diversos meios e processos de difusão e performance social, privilegiando-se estudos dedicados aos séculos XIX e XX no âmbito dos espaços ibéricos e americanos. A centralidade do Estado moderno na condução do campo político nos séculos XIX e XX não inibe o desenvolvimento de pesquisas no interior da linha que incorporem outros objetos e discussões teóricas; ao contrário, o político é compreendido para além das relações entre o Estado e a sociedade civil, possibilitando o desenvolvimento de pesquisas acerca de outros espaços de organização ou de estruturação de poder. Tal dimensão política não exclui o diálogo com os campos da História Cultural e Social, optando-se pelo trabalho em interface com outros domínios da História. A linha operacionaliza seu corpo conceitual e metodológico mantendo a tradição interdisciplinar, apropriando-se de debates caros à Antropologia, à Ciência Política, à Economia, à Sociologia, à Psicanálise e à Comunicação Social. Assim, imprensa, partidos políticos, sindicatos, políticas públicas, opinião pública, intelectuais, ideias, eleições, associações, conflitos bélicos, movimentos políticos, a produção cultural engajada, as instituições são objetos de interesse desta linha.

  • Sociedade, Desenvolvimento Econômico e Migrações

    Privilegiam-se estudos relativos às transformações urbanas e suas redes de contatos e relações estabelecidas nos diferentes processos de sociabilidade. A Linha de Pesquisa, em diálogo com as mais recentes tendências teórico-metodológicas de História Social, se propõe a refletir sobre os variados laços sociais, econômicos e políticos observados no espaço urbano, sendo privilegiados os estudos sobre as trajetórias de grupos e/ou indivíduos, sua inserção social, territorial e suas vivências e deslocamentos. Nas suas práticas cotidianas, podem-se identificar os lugares ocupados por esses diferentes atores na sociedade, nos permitindo uma melhor compreensão da sua participação nas transformações das cidades, das empresas, das indústrias, das artes e ofícios, das profissões e os reflexos do processo migratório na sociedade como um todo. As questões relativas ao mundo do trabalho devem ser também inseridas nessas reflexões sobre as práticas cotidianas, relacionadas ao estudo do desenvolvimento econômico e industrial da sociedade, com ênfase no papel do imigrante no tocante às questões do empreendedorismo, da tecnologia e da circulação de ideias. Dentre as produções temáticas privilegiadas pela Linha incluem-se estudos de imigração para o Brasil, com ênfase em questões de transnacionalismo (econômico, cultural e político) e no papel dos imigrantes no processo de urbanização e modernização social do país entre o século XIX e XX; história da imprensa e suas relações com os demais espaços de produção intelectual e de poder da sociedade; industrialização, planejamento e urbanização, com ênfase nas mudanças urbanas promovidas pelos fenômenos da industrialização, das novas levas de imigração e de outras formas de mobilidade humana ocorridas ao longo do séc. XX. Tal dimensão social não exclui o diálogo com os campos da História Cultural e Política, optando-se pelo trabalho em interface com outros domínios da História.

  • Contex. E Caract. Nova Extrema.-direita: Brasil E Portugal

    Código 191GL-01 | 15 horas-aula

    Tem-se por objetivo sistematizar a informação e perspectivas de análise historiográficas e de outras ciências sociais acerca da presente crise das democracias e do multilateralismo, da emergência de uma nova extrema-direita e, por outro lado, sobre a possibilidade epistemológica e teórico-metodológica de produção e de divulgação de conhecimento historiográfico (científico ou objectivante) no que concerne à referida vertente do tempo presente. Serão estabelecidas comparações com os períodos da Época dos Fascismos e da Guerra Fria, tendo por base os casos de Brasil e Portugal. A circunstância de ambos os países terem conhecido personalidades, organizações e regimes ditatoriais de extrema-direita — autoritários e/ou totalitários — na Época do Fascismo e durante a Guerra Fria viabiliza, também, a comparação entre velhas e novas extremas-direitas. Essa circunstância torna, ainda, possível a análise das características e das implicações, nos médio e longo prazos, das modalidades de justiça transicional e dos processos transicionais ocorridos depois de 1945 e de 1986 no Brasil; depois de 1974 em Portugal.

  • Desafios da Historiografia Sobre o Tempo Presente. Guer. Ua

    Código 1918W-01 | 15 horas-aula

    Sistematizar informação e perspectivas de análise historiográficas e de outras ciências sociais acerca, por um lado, da possibilidade epistemológica da produção e divulgação de conhecimento historiográfico (científico ou objectivante) sobre o tempo presente; por outro lado, das características e exigências específicas da reconstituição e análise de problemáticas associadas ao tempo presente. Considera-se, para o efeito, que o actual tempo presente tem início em 1991, com o colapso da URSS/com o fim do Bloco Comunista e com o fim da Guerra Fria/de um sistema de relações internacionais bipolar.

  • Est. Novo De Salazar, Imp. Col. Português Em África

    Código 191GK-01 | 15 horas-aula

    A partir de uma visão de conjunto da história do regime salazarista, esta disciplina foca em particular a dimensão colonial da história do Estado Novo português, considerando um conjunto de aspectos estruturantes – o centralismo político-administrativo, o dirigismo económico, o povoamento branco, o indigenato e o trabalho forçado africano – do sistema colonial português em África, bem como a emergência dos nacionalismos africanos, a eclosão das guerras de independência de Angola, da Guiné de Moçambique e a consecução da descolonização (1974-1975), na sequência do fracasso da política reformista de Marcelo Caetano e da revolução de 25 de Abril de 1974.

  • Estudios Sobre La Resistencia En La Historia: Teorías, Sujetos Y Prácticas

    Código 19130-01 | 15 horas-aula

    El objetivo del curso es actualizar el conocimiento y la reflexión teórico-metodológica-analítica sobre cuestiones centrales en torno al concepto de resistencia, además de ampliar las fronteras de dicha categoría para dar protagonismo a diferentes actores y a diferentes perspectivas teóricas. Partiendo de esta perspectiva, el presente curso propone destacar las distintas dimensiones y praxis de la resistencia (en particular, de los grupos subalternos), que facilitan a una comprensión de qué actores pueden ser considerados resistentes y cuáles no; cuáles son las formas más habituales de resistencia; en qué contextos suelen surgir formas de resistencias; y qué rol ocupa la categoría de resistencia en la sociedad y en las investigaciones en la actualidad. Estas son algunas de las preguntas que guiarán las reflexiones encaradas a lo largo del presente curso.

  • History Of Ideas In Brazil (1920-1945): Flow Of Ideas And The Rise Of Authoritarianism

    Código 19128-04 | 60 horas-aula

    Under the perspective of the History of Ideas, this course analyzes Brazilian political, legal and social thought in the interwar period, highlighting its intellectual foundations and patterns, its historical and philosophical relevance and the transnational character of Brazilian intellectual networks with other countries in Latin America, United States and Europe. The purpose of the course is to demonstrate and problematize how authoritarianism develops itself in the history of the Brazilian republican period.

  • História Cultural do Brasil Contemporâneo

    Código 19115-04 | 60 horas-aula

    Aprofundamento de estudos sobre temas de História Cultural no Brasil Contemporâneo.

  • História Cultural e Antropologia

    Código 19111-04 | 60 horas-aula

    Interfaces com o campo da Antropologia.Aprofundamento de estudos teórico-metodológicos de História Cultural e suas.

  • História Cultural e Cultura Material

    Código 19113-04 | 60 horas-aula

    Aprofundamento de estudos teórico-metodológicos de História Cultural e suas interfaces com o campo da cultura material.

  • História Cultural e Cultura Visual

    Código 19112-04 | 60 horas-aula

    Aprofundamento de estudos teórico-metodológicos de História Cultural e suas interfaces com o campo da cultura visual.

  • História Cultural e Etnohistória

    Código 19114-04 | 60 horas-aula

    Aprofundamento de estudos teórico-metodológicos de História Cultural e suas interfaces com o campo da etnohistória.

  • História Política e Filosofia Política

    Código 19102-04 | 60 horas-aula

    Aprofundamento de estudos teórico-conceituais de História Política e suas interfaces com o campo da Filosofia Política.

  • História Política e Mídias

    Código 19108-04 | 60 horas-aula

    Aprofundamento teórico-metodológico da mídia, em geral, e da imprensa, em particular, como fonte e objeto de estudos de História Política.

  • História Política, Ciência Política e Sociologia Política

    Código 19103-04 | 60 horas-aula

    Aprofundamento de estudos teórico-metodológicos de História Política e suas interfaces com os campos da Ciência Política e Sociologia Política.

  • História Política, Estado e Intelectuais

    Código 19107-04 | 60 horas-aula

    Aprofundamento de estudos teóricos sobre o conceito de intelectual e suas relações políticas com o Estado.

  • História Política, Nação e Nacionalismo no Brasil Contemporâneo

    Código 19109-04 | 60 horas-aula

    Aprofundamento de estudos teórico-metodológicos sobre os conceitos de autoritarismo, democracia, nação e nacionalismo político no Brasil Contemporâneo.

  • História Social do Desenvolvimento Urbano e Industrial no Brasil Contemporâneo

    Código 19124-04 | 60 horas-aula

    Aprofundamento de estudos sobre temas relativos ao desenvolvimento urbano e industrial no Brasil Contemporâneo.

  • História Social e Desenvolvimento Econômico no Brasil Contemporâneo

    Código 19123-04 | 60 horas-aula

    Aprofundamento de estudos sobre temas relativos ao desenvolvimento social e econômico no Brasil Contemporâneo.

  • História Social e História Cultural

    Código 19122-04 | 60 horas-aula

    Aprofundamento de estudos teórico-metodológicos de História Social e suas interfaces com o campo da História Cultural.

  • História Social e História Econômica

    Código 19121-04 | 60 horas-aula

    Aprofundamento de estudos teórico-metodológicos de História Social e suas interfaces com o campo da História Econômica.

  • História Social e História Política

    Código 19120-04 | 60 horas-aula

    Aprofundamento de estudos teórico-metodológicos de História Social e suas interfaces com o campo da História Política.

  • História Social e Migrações no Brasil Contemporâneo

    Código 19126-04 | 60 horas-aula

    Aprofundamento de estudos sobre temas relativos às migrações no Brasil Contemporâneo (séculos XIX-XX).

  • História Social e Migrações no Mundo Contemporâneo

    Código 19125-04 | 60 horas-aula

    Aprofundamento de estudos sobre temas relativos às migrações no mundo contemporâneo.

  • História da Cultura Material no Brasil Contemporâneo

    Código 19117-04 | 60 horas-aula

    Aprofundamento de estudos sobre temas de História da Cultura Material no Brasil Contemporâneo.

  • História da Cultura Visual no Brasil Contemporâneo

    Código 19116-04 | 60 horas-aula

    Aprofundamento de estudos sobre temas de História da Cultura Visual no Brasil Contemporâneo.

  • História da História Cultural

    Código 19118-04 | 60 horas-aula

    Aprofundamento do estudo de clássicos da historiografia da cultura da segunda metade do século XX.

  • História das Ideias Políticas no Brasil Contemporâneo

    Código 19105-04 | 60 horas-aula

    Aprofundamento de estudos teóricos sobre a História das Ideias Políticas no Brasil Contemporâneo (séculos XIX-XX).

  • História das Ideias Políticas no Mundo Contemporâneo

    Código 19104-04 | 60 horas-aula

    Aprofundamento de estudos teóricos sobre a História das Ideias Políticas no Mundo Contemporâneo (séculos XIX-XX).

  • História das Ideias, História dos Conceitos e História dos Intelectuais

    Código 19106-04 | 60 horas-aula

    Aprofundamento de estudos teóricos sobre História das Ideias, História dos Conceitos e História dos Intelectuais e suas interfaces.

  • História do Pensamento Social e Econômico no Brasil Contemporâneo

    Código 19127-04 | 60 horas-aula

    Aprofundamento de estudos teórico-metodológicos sobre temas relativos à história do pensamento social e econômico no Brasil Contemporâneo.

  • One Historian’s Loans and Debts

    Código 19131-01 | 15 horas-aula

    Neste breve seminário vamos explorar trabalhos que inspiravam a Pesquisa e análise do seu professor. Os temas e leituras variam: alguns são mais metodológicos, outros mais orientados por teoria, até outros tratam estratégias para escrever história e pensar em categorias de análise. A ideia é estimular os alunos de Pós-Graduação a pensar em como a pesquisa das teses ou dissertações dialogam com o trabalho de outros pesquisadores.

  • Pan-americanismo(S): Projetos E Visões Sobre O Brasil No Mundo Na Primeira República

    Código 19129-01 | 15 horas-aula

    Descreva aqui a ementa da disciplina em português. A chamada Era Rio Branco (1902-1912) marca a reorientação do eixo diplomático brasileiro da Europa para os Estados Unidos e consolida a aproximação entre os países ao mesmo tempo em que se acirram as rivalidades com a Argentina. Como artífice da política externa brasileira, o Barão do Rio Branco concentrou imenso poder e certa aura de unanimidade nacional em torno do seu projeto de nação e do modelo de civilização que buscava projetor para o exterior. Entretanto, houve sim, dissidências e controvérsias nos meios diplomáticos e entre intelectuais. Unindo abordagens próprias da História das Ideias e da História Política, neste seminário concentraremos a atenção nos principais nomes envolvidos nos debates acerca dos projetos de país em disputa na nascente república e como suas ideias estavam vinculadas com o modelo de política externa que defendiam. Para tanto, discutiremos as ideias do próprio Barão do Rio Branco, além de nomes fundamentais como Joaquim Nabuco, Manoel de Oliveira Lima, Eduardo Prado, entre outros.

  • Teoria e Metodologia em História Política

    Código 19101-04 | 60 horas-aula

    A disciplina busca compreender as múltiplas dimensões do político, considerando a diversidade dos objetos que compõem a História Política renovada. Dessa forma, a partir de diferentes tradições teóricas e metodológicas, pretende-se qualificar os objetos deste campo de pesquisa, observando as especificidades do exercício da política e do poder no mundo ibero-americano.

  • Teoria e Metodologia em História Social

    Código 19119-04 | 60 horas-aula

    A disciplina tem como objetivo apresentar conceitos e metodologias fundamentais para a pesquisa em História Social, enfatizando: a) as suas tendências historiográficas contemporâneas nas dimensões culturais, econômicas e políticas e b) as possibilidades teórico-metodológicas associadas às suas fontes de pesquisa: escrita, visual e oral.

  • Teorias da Cultura e da Etnicidade

    Código 19110-04 | 60 horas-aula

    O seminário visa o estudo transdisciplinar de elaborações teóricas fundamentais nos campos da materialidade, da representação, da cultura visual e da etnicidade, por meio da análise desses conceitos e de seus correlatos, acompanhada de revisão crítica da historiografia de referência para a compreensão das estratégias metodológicas e dos paradigmas interpretativos mobilizados para delimitação e tratamento de seus objetos.

  • Tópicos Especiais III

    Código 51528-01 | 15 horas-aula

    Esta disciplina geralmente é oferecida de maneira intensiva por Professores convidados externos ao Programa que desenvolvem tópicos específicos sobre questões pertinentes aos contextos nacionais e internacionais do mundo ibero-americano.

  • Tópicos Especiais IV

    Código 51506-01 | 15 horas-aula

    Esta disciplina geralmente é oferecida de maneira intensiva por Professores convidados externos ao Programa que desenvolvem tópicos específicos sobre questões pertinentes aos contextos nacionais e internacionais do mundo ibero-americano.

  • Tópicos Especiais V

    Código 51507-01 | 15 horas-aula

    Esta disciplina geralmente é oferecida de maneira intensiva por Professores convidados externos ao Programa que desenvolvem tópicos específicos sobre questões pertinentes aos contextos nacionais e internacionais do mundo ibero-americano.

  • Tópicos Especiais VI

    Código 51508-01 | 15 horas-aula

    Esta disciplina geralmente é oferecida de maneira intensiva por Professores convidados externos ao Programa que desenvolvem tópicos específicos sobre questões pertinentes aos contextos nacionais e internacionais do mundo ibero-americano.

  • Tópicos Especiais VII

    Código 51529-01 | 15 horas-aula

    Esta disciplina geralmente é oferecida de maneira intensiva por Professores convidados externos ao Programa que desenvolvem tópicos específicos sobre questões pertinentes aos contextos nacionais e internacionais do mundo ibero-americano.

  • Tópicos Especiais VIII

    Código 51530-01 | 15 horas-aula

    Esta disciplina geralmente é oferecida de maneira intensiva por Professores convidados externos ao Programa que desenvolvem tópicos específicos sobre questões pertinentes aos contextos nacionais e internacionais do mundo ibero-americano.

  • Processo seletivo

    Processo Seletivo do Pós-Graduação em História é semestral com divulgação de edital a cada seleção.

    Edital de Seleção 2024/2

    Modelo de Projeto – Mestrado

    Modelo de Projeto – Doutorado

  • Crédito de Seleção de Bolsas

  • Alunos especiais (disciplina isolada)

    É permitido àqueles candidatos que não tenham sido aprovados no processo seletivo, ou a outros interessados, cursar disciplinas isoladas na condição de alunos especiais.

    O Aluno Especial matricula-se no Programa de Pós-Graduação em História, em disciplina isolada e deve cumprir todos os requisitos de avaliação e frequência para a aprovação.

    O valor para cursar disciplinas isoladas, baseado no número de créditos de cada disciplina, será pago em 5 (cinco) parcelas no semestre em curso. Maiores informações podem ser obtidas diretamente com o setor financeiro, através do telefone (51)33203588 ou e-mail: [email protected]

    Período de inscrição: 29 de janeiro a 8 de março de 2024, através do e-mail [email protected] indicando a disciplina de interesse e anexando os documentos abaixo.

    Formulário de Cadastro
    Cópia do diploma e do histórico de graduação
    Cópia do documento de identidade (RG) e CPF
    Informações financeiras: (51)3320-3588 ou [email protected]

    Matrícula: 11 a 15 de março de 2024 – ORIENTAÇÕES SERÃO ENVIADAS EM RESPOSTA AO E-MAIL DE INSCRIÇÃO.

  • Programa G-PG

    Programa de Integração da Graduação com a Pós: você aproveita seus créditos eletivos para cursar disciplinas de mestrado e doutorado, com o mesmo valor da Graduação.

    Documentos necessários:

    • Requisitos – Resolução PUCRS
    • Formulário de pré-inscrição
    • Atestado de matrícula na Graduação
    • Histórico tipo zero (Portal do aluno/ Sou Aluno)

     

  • Programa G+1

    Por meio do G+1, o (a) estudante que deseja seguir na área acadêmica pode viver a experiência no mestrado durante a graduação. Para isso, ele (a) precisa ter cursado, pelo menos, 50% da graduação e participar do processo seletivo do Programa de Pós-Graduação de interesse.

    Edital G+1
    Resultado Final de Seleção G+1

  • Alunos Mestado

    Nome Lattes
    ALESSANDRA THAIS SIEBEN MARTINS Link
    ALEX LATRONICO Link
    ALINE DA ROSA URBANO Link
    ALVARO ANDREI TEDESCO DA SILVA Link
    AMANDA PACHECO DA MAIA Link
    ANDRESSA ALTENETER MONTICELLI Link
    BERNARDO ABEL HARTMANN Link
    CAIO FELIPE GOMES VIOLIN Link
    CARLA JACIRA MARIANOFF DE CASTRO Link
    DANIEL WAISMAN IGOR Link
    DIEGO PULSY PEREIRA Link
    FABIO BLOISE MUNDSTOCK Link
    ISABELLA MARINI HORST Link
    LARYSSA SALENAVE DA SILVA Link
    LUISA BORGMANN DE OLIVEIRA Link
    MARIANA STEINER FARIAS Link
    NICOLAS DE OLIVEIRA BRAGA Link
    PAULA DE SOUZA LEAO FERNANDES DE BARROS Link
    RAFAEL ROSLER Link
    RICARDO SUPERTI DE OLIVEIRA Link
    TIAGO MENGUE BOFF Link
    VICENTE MARTINS DALLA CHIESA Link
    VINICIUS TERRA MARTINS Link
    YAN PEDRINI VIERO Link
  • Alunos Doutorado

    Nome Lattes
    ABDALA MUSSA INAQUE Link
    ALAN RICARDO SCHIMIDT PEREIRA Link
    ALYSSA NUNES BRUSCATO COSTA Link
    ANTONIO CARLOS SOARES Link
    BIANCA LOPES BRITES Link
    BIANCA OBETINE MAGNUS Link
    BRUNO CAMPOS RODRIGUES Link
    CARLOS EDUARDO DA SILVA PEREIRA Link
    CAROLINE ATENCIO MEDEIROS NUNES Link
    CESAR AUGUSTO HULSENDEGER Link
    CLAUDIO LOPES PREZA JUNIOR Link
    DANIELA DE LIMA SOARES Link
    DEMETRIUS RICCO AVILA Link
    ELIANNE CESAR O`FARRILL Link
    ERNESTO PEREIRA BASTOS NETO Link
    FABIANA CIOCHETA MAZUCO Link
    FABIANE MARIA RIZZARDO Link
    FELIPE DE ASSUNCAO SORIANO Link
    FELIPE VARGAS DA FONSECA Link
    FRANCISCO DE ASSIS CRUZ DA SILVA Link
    GISELLE HIRTZ PERNA Link
    HAGNER MALON DA COSTA SILVA Link
    IARA DA SILVA CASTRO ALMEIDA Link
    ISADORA DUTRA DE FREITAS Link
    JESSICA SCHAEFER ZAJACZKOWSKI Link
    JOAO VICTOR CRISTIANO SCHEFFER Link
    JOSE JOACI BARBOZA Link
    LARA COLETTO Link
    LINO ALAN RIBEIRO DA LUZ DAL PRA Link
    LIVIA DO AMARAL E SILVA LINCK Link
    MIGUEL AUGUSTO PINTO SOARES Link
    MOACIR SILVA DO NASCIMENTO Link
    NYKOLLAS GABRYEL OROCZKO NUNES Link
    PAMELA CHIOROTTI BECKER SOUZA Link
    PAULA TATIANE DE AZEVEDO Link
    PEDRO ENERI CREMONESE Link
    PRICILA NICHES MULLER Link
    PRISCILA ERVIN SAVAL Link
    RAMON NERE DE LIMA Link
    RAPHAEL DE BARROS PETERSEN Link
    RAYANNE MATIAS VILLARINHO Link
    RODRIGO DE AGUIAR GOMES Link
    ROGER MACHADO MARQUES Link
    TAIS CRISTINE FERNANDES BATISTA Link
    THIAGO COSTA JULIANI REGINA Link
    VALDIR MACHADO GUIMARAES Link
    VERONICA VIEIRA MARTINELLI Link
    VITOR DA SILVA COSTA Link
    WELINGTON AUGUSTO BLUME Link
  • Prazos e parcelas

    O valor integral do Mestrado é parcelado em 24 mensalidades, que devem ser pagas na sua totalidade, mesmo que o estudante conclua o curso antes de dois anos. O valor do Doutorado é dividido em 42 mensalidades que, da mesma forma, devem ser pagas na totalidade, mesmo se o curso for concluído antecipadamente. Estudantes de Doutorado que ingressam logo após a conclusão do Mestrado na PUCRS, com 18 créditos já cursados, terão o número de mensalidades reduzido para 36. Caso não concluam o curso em até três anos, o pagamento é prorrogado até a conclusão, com prazo de 60 meses.

    Caso não tenha concluído o curso (incluindo a defesa da tese ou dissertação) após o período de pagamento das parcelas, o aluno poderá continuar matriculado, desde que mantenha o pagamento das mensalidades.

    O limite máximo para a conclusão do Mestrado é de 30 meses, e do Doutorado é de 60 meses, estabelecido no Regimento Geral da Universidade. A não conclusão do Programa de Pós-Graduação nesses prazos levará à exclusão do estudante.

  • Formas de pagamento

    O vencimento das mensalidades ocorre sempre no dia 15 de cada mês, exceto a primeira parcela (no ingresso ou reingresso) que vencerá conforme escala de matrículas. O aluno deverá realizar, antes da efetivação da matrícula, o pagamento da parcela do semestre.

    Será cobrado 2% de multa após o vencimento, mais encargos financeiros. A Universidade envia pelos correios o documento bancário para pagamento das parcelas. No caso do não recebimento do documento bancário até a data do vencimento, poderá ser solicitada uma segunda via em qualquer agência bancária do BRADESCO, mediante informação do CPF do aluno, solicitado pelo e-mail do Setor Financeiro, [email protected], ou realizado diretamente no Setor Financeiro Acadêmico da Universidade. O Setor Financeiro também envia o boleto para o e-mail cadastrado junto à secretaria do curso.

  • Valores das mensalidades

  • Bolsas e financiamentos

ESPAÇOS DE APRENDIZAGEM DA ESCOLA

Diversos espaços para desenvolvimento de atividades práticas, que complementam a teoria desenvolvida em sala de aula e preparam para o dia a dia do mercado.