Em 2024/1 a PUCRS irá ofertar mais de 300 bolsas pelo Prouni. / Foto: Giordano Toldo

Desde 2004, o Programa Universidade para Todos (ProUni), do Governo Federal, garante a estudantes de todo o Brasil a oportunidade de estudar com bolsas integrais e parciais em universidades privadas. A PUCRS adere ao programa desde a sua criação e, para o primeiro semestre de 2024, a Universidade irá disponibilizar 337 bolsas integrais de graduação, divididas entre os cursos online e presenciais. As inscrições devem ser feitas pelo site do Ministério da Educação (MEC) até 1° de fevereiro.  

Entre as bolsas disponibilizadas no primeiro semestre de 2024, trezentas são para a graduação PUCRS Online, em que estudantes de todo o País podem se inscrever, e 37 são para os cursos presenciais, realizados no Campus da Universidade, em Porto Alegre. Você pode conferir o número de vagas e quais cursos serão ofertados clicando no link. 

Para concorrer a uma bolsa de estudos do ProUni, o/a candidato/a precisa:  

Para que você tire todas as suas dúvidas sobre o ProUni 2024, nós preparamos um guia completo sobre o programa. Confira!  

Como funciona a seleção?  

Após inscritos, os/as candidatos/as são pré-selecionados pela plataforma do MEC e são ranqueados nas duas primeiras chamadas conforme a nota do Enem. O ProUni divide estudantes entre aqueles/as que estudaram em escola pública e aqueles/as que estudaram em escola particular com ou sem bolsa.   

Os/as candidatos/as de escola pública ou particular com bolsa integral tem preferência neste ranqueamento feito pelo MEC, em detrimento daqueles/as que cursaram o ensino médio em escola particular sem bolsa, por exemplo. Nas duas primeiras chamadas, os/as candidatos posicionados no ranqueamento dentro da quantidade de vagas ofertadas são convocados/as a entregar a documentação.   

Por exemplo: se no curso Nutrição existirem cinco vagas, as cinco primeiras pessoas serão convocadas para entregar a documentação e dar prosseguimento ao processo seletivo. Se depois da análise sobrarem, digamos, três vagas, as próximas três são convocadas para entregar na segunda chamada.   Se aprovados/as, os/as estudantes deverão realizar a matrícula de acordo com a orientação enviada após o resultado final da análise de documentos.

Datas importantes para ficar ligado/a:  

Quem é você durante o processo?  

Para que não haja imprevistos, é importante que você esteja por dentro das nomenclaturas utilizadas no Programa.   

Qual o processo para a entrega da documentação?  

Aqui começa o contato com a PUCRS. A entrega da documentação acontece de forma online. Os candidatos pré-selecionados receberão por e-mail um link de acesso para o envio da documentação. O e-mail utilizado será o mesmo cadastrado pelo candidato no ato da inscrição. Serão analisados somente os documentos enviados dentro do prazo estabelecido em Edital pelo Ministério da Educação. A lista de documentação necessária para a comprovação das informações já está disponível em nosso site pucrs.br/prouni  

Ficou com alguma dúvida sobre a documentação? Entre em contato pelos telefones (51) 3353-7974 ou pelo WhatsApp (51) 98443-0788.    

Como saber se você foi aprovado/a?  

As inscrições para o Prouni acontecem entre os dias 29 de janeiro a 1° de fevereiro. / Foto: Giordano Toldo

É possível confirmar sua situação de pré-selecionado no site do MEC.  Se você foi pré-selecionado, entregou toda a documentação, e seus documentos foram conferidos e deferidos pela Universidade, seu nome vai aparecer na lista de aprovados. Essa lista é divulgada após o término das análises de cada chamada no site do ProUni do Portal da PUCRS.  

Outras dúvidas que você pode ter: 

1) Para ingressar pelo ProUni é preciso fazer a prova do Vestibular?    

Não. O processo seletivo é aberto para candidatos/as de todo o Brasil, sem necessidade de realizar a prova do nosso vestibular. Caso esteja concorrendo para o curso de Ciências Aeronáuticas, verifique os pré-requisitos exigidos na página do curso. 

2) O que acontece se perder o prazo para a entrega de documentos?  

Não serão recebidos documentos após o prazo determinado pelo MEC. 

3) A matrícula será para o mesmo semestre/trimestre em que a bolsa foi concedida? 

Após a aprovação você receberá todas as informações sobre a matrícula. Os aprovados que não puderem fazer matrícula para 2024/1 em função do calendário acadêmico, farão no próximo semestre ou trimestre (online) em que abrir turma no curso.  Os aprovados que não fizerem matrícula no prazo determinado pela PUCRS terão o usufruto da bolsa encerrado. 

4) Serão ofertadas vagas para todos os cursos? 

Os cursos e a quantidade de vagas são definidos semestralmente de acordo com as exigências do MEC. Portanto as ofertas variam a cada semestre. 

5) Posso trocar a bolsa integral para parcial e vice-versa? 

Não. Você participa para o curso e modalidade para o qual se inscreveu. 

6) Caso não seja pré-selecionado nas chamadas, estou automaticamente inscrito na Lista de Espera? 

Não. Você deve manifestar interesse para participar. A data da manifestação de interesse está disponível no Edital do Processo Seletivo ProUni 2024/1. 

7) Onde verifico as datas do Processo Seletivo do Prouni 2024/1? 

Na página oficial do Ministério da Educação. 

8) Onde vejo a nota de corte?  

No momento da inscrição, na página do Ministério da Educação. 

9) Posso trocar de curso após a aprovação? 

No primeiro semestre não é possível. A partir do segundo semestre pode pleitear caso tenha oferta de reopção de curso. Em nossa página divulgamos semestralmente os editais com as possibilidades de trocas internas. 

10) Qual a lista de documentos devo usar para separar os documentos? 

A lista de documentos varia de instituição para instituição. Os documentos exigidos pelo PUCRS para entregar no processo seletivo você encontra na nossa página. Em caso de dúvida, entre em contato conosco pelos canais de atendimento descritos neste mesmo local. 

11) Aprovei em outra IES, posso transferir a bolsa para a PUCRS? 

No momento a PUCRS não está recebendo bolsistas por transferência. Os editais são disponibilizados semestralmente em nossa página. 

Quero mais informações sobre o Prouni na PUCRS

curso de medicina, Gustavo Dalto, Internacionalização, prouni

Gustavo Dalto foi selecionado para uma bolsa de PhD nos EUA/Foto: acervo pessoal

A desigualdade no Brasil se agravou após o período de pandemia. E, mesmo após se recuperar do pico ocorrido nos últimos três anos, a desigualdade de renda nas metrópoles brasileiras voltou a apresentar tendência de alta, conforme pesquisa realizada pela PUCRS. Neste cenário, a esperança pode parecer longínqua – mas existe, e está na educação 

“A desigualdade faz com que a gente possa entender que nem todo mundo tem o mesmo ponto de partida. Saímos de pontos muito diferentes”, comenta Gustavo Dalto, médico graduado pela PUCRS que representa o poder transformador da educação. 

O jovem foi contemplado com bolsa do Programa Universidade para Todos (ProUni) e pelo Ciências Sem Fronteiras, o que o permitiu que, mesmo com dificuldades financeiras, estudasse em uma universidade particular e vivenciasse uma experiência no exterior. Então, ele foi selecionado para uma bolsa de PhD nos Estados Unidos. Vale a pena conhecer essa trajetória. 

Referências que importam  

Gustavo é natural de Nonoai, município com menos de 15 mil habitantes que fica na fronteira do Rio Grande do Sul e Santa Catarina. Nascido no interior e em uma família de baixa renda, ele sempre teve alguém em quem se inspirar nos estudos: sua mãe, Maria Doraci. O médico relembra o período em que a ajudava com os estudos enquanto ela realizava o supletivo para concluir o Ensino Médio. Na época, ela tinha cerca de 40 anos. Falecida aos 45, quando Gustavo tinha apenas 12 anos de idade, sonhava em ser médica.  

Segundo Gustavo, ela sempre foi apaixonada por saúde: atuou como auxiliar de enfermagem e, após concluir o Ensino Básico, iniciou um curso técnico na área. Apesar de não ter se graduado, sempre incentivou os filhos a estudarem: “Para mim, a vontade dela em concluir seus estudos sempre foi uma motivação”, relembra o médico.  

Gustavo acredita que as pessoas próximas são responsáveis, de certa forma, por suas conquistas: “Eu não teria chegado até aqui se não fosse por essas pessoas, e por elas eu me mantenho onde estou. Elas foram quem eu precisava ter ao meu redor”, explica. 

Vestibular para medicina: um processo difícil  

Síntese de Indicadores Sociais, publicada pelo IBGE, aponta que apenas 36% dos estudantes que concluem o Ensino Médio em escolas públicas ingressam no Ensino Superior. Gustavo foi exceção à regra e o que possibilitou que o jovem realizasse uma graduação foi o ProUni, pelo qual obteve bolsa integral.  

À época, ele não possuía internet em casa, o que tornava difícil obter informações sobre locais em que poderia estudar:  

“Até que assisti, numa sexta-feira à noite, um documentário no Globo Repórter mostrando a PUCRS e o trabalho do professor Ivan Izquierdo com a ideia de construir o Instituto do Cérebro. Foi então que eu me interessei e descobri que a Universidade oferecia vagas em Medicina pelo ProUni”, comenta.  

Quando aplicou para a tão sonhada vaga, Gustavo estava no último ano da escola e sua rotina dificultava os estudos, já que ele trabalhava e estudava. O estudante tinha ajuda de Vera Rigo, uma professora de português que revisava suas redações. Fora isso, estudou por menos de um semestre em um cursinho preparatório. Apesar de ter se preparado praticamente sozinho, realizando exercícios e provas anteriores, a aprovação veio no mesmo ano.  

Leia também: Documentário reforça legado deixado pelo professor Iván Izquierdo 

Uma Universidade de oportunidades 

curso de medicina, Gustavo Dalto, Internacionalização, prouni

O estudante ingressou cedo na Iniciação Científica/Foto: acervo pessoal

Ensinar também é uma forma de aprender. Por isso Gustavo realizou diversas monitorias durante sua formação. Em seguida, tornou-se bolsista de Iniciação Científica no Instituto de Toxicologia e Farmacologia da PUCRS, sob orientação da professora Maria Martha Campos, por quem o estudante nutria um grande carinho: “Ela é uma das pessoas que eu mais tenho como exemplo pessoal e profissional. Para mim é uma educadora completa, que me ensinou muito mais do que ciência e, sem dúvidas é uma das pessoas mais inteligentes que eu encontrei”, relembra.  

Foi justamente por sua experiência de quase quatro anos em pesquisa que obteve sua segunda grande conquista profissional. Na época foram lançados os primeiros editais do programa Ciência sem Fronteiras, que incentivava a formação acadêmica no exterior. Como sua Iniciação Científica era em Farmacologia, ele aplicou para estudar a disciplina na Universidade de Coimbra, em Portugal, tendo sido contemplado pelo edital. Essa experiência representou um grande crescimento pessoal e profissional para o jovem, conforme explica:  

“O Gustavo que saiu do Brasil em 2012 e o Gustavo que voltou para Porto Alegre em 2013 para continuar na faculdade de Medicina eram pessoas diferentes. A internacionalização moldou quem eu sou hoje.”

Além da graduação: uma Universidade que permite crescer 

Após a formatura em Medicina, os diplomados podem optar por iniciar sua atuação como clínicos gerais ou ingressar na residência médica, na qual se especializam em determinada área. Por sua paixão em pesquisa, Gustavo desejava seguir no ramo acadêmico, mas não trabalhar não era uma opção para o jovem.  

curso de medicina, Gustavo Dalto, Internacionalização, prouni

O Hospital São Lucas da PUCRS também fez parte da história de Gustavo/Foto: acervo pessoal

Foi em meio às dúvidas que surgiu a oportunidade: a professora Maria Marta sugeriu que o jovem realizasse um mestrado sob orientação da professora Nadja Schroder (que havia sido orientada pelo professor Ivan Izquierdo). Foi esse caminho que ele optou por seguir enquanto atuava como médico no Hospital São Lucas da PUCRS. Dessa forma, conseguiu se especializar sem a necessidade de deixar de trabalhar e, depois de pós-graduado, tornou-se residente em Neurologia. 

Justamente por realizar essa escolha ele teve a chance de, mais uma vez, estudar no exterior: durante a pandemia, Gustavo foi selecionado para uma bolsa de PhD (o maior grau acadêmico existente) em Neurociências na Universidade de Wisconsin-Milwaukee, nos Estados Unidos. Se um dia ele sonhou em ingressar na Universidade, sob a inspiração do professor Ivan Izquierdo, agora ele segue atuando na mesma área do mestre.  

Você também pode estudar no exterior 

Já pensou em estudar em uma Universidade em outro país? Todos os estudantes da PUCRS têm essa possibilidade através dos programas de Mobilidade Acadêmica, divulgados pelo Escritório de Cooperação Internacional. Apesar do fim do Ciência sem Fronteiras, a Universidade divulga semestralmente editais com e sem bolsa de estudos para acadêmicos que desejam vivenciar experiências internacionais. 

Além disso, desde 2020 há a possibilidade de estudar em outro país sem sair de casa: com os programas de mobilidade acadêmica virtual, você pode estudar no exterior, cursando disciplinas gratuitamente e aproveitá-las na graduação. Estudantes ProUni ou com créditos educativos podem participar de todos os programas de mobilidade oferecidos pela PUCRS.  

ESTUDE MEDICINA NA PUCRS

prouni 2023

Foto: Giordano Toldo

Desde 2004, o Programa Universidade para Todos (ProUni), do Governo Federal, garante a estudantes de todo o Brasil a oportunidade de estudar com bolsas integrais e parciais em universidades privadas. O período de inscrições deste ano se iniciou na terça-feira (28/2) e se encerra nesta sexta-feira (3/3). Para a primeira chamada, a PUCRS irá disponibilizar 1.702 vagas para cursos da graduação presencial e online.  

Para concorrer a uma bolsa de estudos do ProUni, o/a candidato/a precisa: 

Para que você tire todas as suas dúvidas sobre o ProUni 2023, nós preparamos um guia completo sobre o programa. Confira! 

Como funciona a seleção? 

Após inscritos, os/as candidatos/as são pré-selecionados pela plataforma do MEC e são ranqueados nas duas primeiras chamadas conforme a nota do Enem. O ProUni divide estudantes entre aqueles/as que estudaram em escola pública e aqueles/as que estudaram em escola particular com bolsa.  

Os/as candidatos/as de escola pública ou particular com bolsa integral tem preferência neste ranqueamento feito pelo MEC, em detrimento daqueles/as que cursaram o ensino médio em escola particular sem bolsa, por exemplo. Nas duas primeiras chamadas, os/as candidatos posicionados no ranqueamento dentro da quantidade de vagas ofertadas são convocados/as a entregar a documentação.  

Por exemplo: se no curso Direito existirem dez vagas, as dez primeiras pessoas serão convocadas para entregar a documentação e dar prosseguimento ao processo seletivo. Se depois da análise sobrarem, digamos, sete vagas, as próximas sete são convocadas para entregar na segunda chamada.   

Se aprovados/as, os/as estudantes deverão realizar a matrícula ainda em 2023/1. A data de matrícula da segunda chamada e lista de espera ainda está em análise na PUCRS. Se não for para 2023/1, será para o próximo período letivo em que houver oferta do curso escolhido na Universidade. 

Leia também: “A formação me possibilitou ter orgulho da minha trajetória profissional”

Datas importantes para ficar ligado/a: 

Inscrições: 28 de fevereiro a 3 de março  

Comprovação das informações:

Manifestação de interesse na lista de espera: 5 a 6 de abril 

Quem é você durante o processo? 

Para não acontecerem imprevistos, é importante que você esteja por dentro das nomenclaturas utilizadas no Programa.  

Qual o processo para a entrega da documentação? 

Aqui começa o contato direto com a PUCRS: para a primeira chamada, a entrega da documentação acontece de 7 a 16 de março. Para a segunda chamada, será de 21 a 30 de março. A manifestação de interesse na lista de espera deve acontecer de 5 a 6 de abril e a comprovação das documentações deve ser feita de 10 a 19 de abril. A lista de documentação necessária para a comprovação das informações já está disponível em nosso site pucrs.br/prouni 

Se o curso selecionado for da modalidade presencial, os documentos precisam ser entregues de forma presencial, entre os dias 7 e 16 de março, das 8 às 14h, de segunda a sexta. A entrega precisa ser feita no prédio 15, Central do Aluno, setor de ProUni da Universidade.    

Ficou com alguma dúvida sobre a documentação? Entre em contato pelos telefones (51) 3353-7974, (51) 3353-4521, (51) 3353-7868 ou pelo WhatsApp (51) 98443-0788.   

Fique atento/as aos horários: 

As entregas dos documentos são sempre de segunda a sexta, das 8h às 14h. Para dúvidas e/ou mais informações, o horário é das 8h às 21h, também sempre de segunda a sexta. 

Como saber se você foi aprovado/a? 

É possível confirmar sua situação de pré-classificado no site do próprio MEC.  

Se você foi aprovado, entregou toda a documentação, e seus documentos foram checados e conferidos pela Universidade, seu nome vai aparecer na lista com os aprovados. Essa lista é divulgada após o término das análises de cada chamada no site do ProUni na PUCRS. 

Existe custo para participar do programa? 

Não! O ProUni atualmente fornece bolsas parciais e integrais. A PUCRS oferece somente com bolsas integrais. O/A candidato/a contemplado/a pelas bolsas do programa neste semestre não terá nenhum custo de mensalidade ou matrícula. 

Para ingressar pelo ProUni é preciso fazer a prova do Vestibular?   

Não. O processo seletivo é aberto para candidatos/as de todo o Brasil, sem necessidade de realizar a prova do nosso vestibular. 

MAIS INFORMAÇÕES SOBRE O PROUNI

A formação me possibilitou ter orgulho da minha trajetória profissional - Laura Paré conta como a aproximação com o mercado de trabalho ao longo da graduação contribuiu para que atingisse seus objetivos de carreira como jornalista

Laura Paré encontro na publicidade novos caminhos para atuar como jornalista / Foto: Camila Cunha

O conceito de sucesso é relativo. Segundo o dicionário é a “consequência exitosa, positiva, resultado feliz, projeto bem-sucedido”. Para quem ingressa na graduação, a ideia de chegar ao final do curso escolhido com habilidades voltadas à trajetória profissional, uma trajetória profissional pautada em propósito, e maior autoconhecimento é um salto gigante rumo à realização. A jornalista Laura Paré, garota-propaganda que você já viu ou ainda vai ver na tela inicial do Moodle da PUCRS, tem alguns aprendizados sobre carreira para compartilhar.

Formada em Jornalismo pela Escola de Comunicação, Artes e Design – Famecos, Laura teve a oportunidade de se tornar a primeira pessoa da sua família a ingressar no ensino superior, graças ao ProUni, o Programa Universidade para Todos, do Ministério da Educação. Com a bolsa integral, ela pôde vislumbrar um futuro que tinha – literalmente – a sua cara. 

Ela, que sempre imaginou que seria a “próxima Glória Maria” da televisão, trabalhando em frente às telinhas, descobriu logo no começo da graduação que não era isso que queria. Com a possibilidade de experimentar diferentes formas de atuação e conhecer profissionais renomados de todas as áreas durante a formação, Laura acabou se apaixonando pela Publicidade. 

Como ter o maior número de experiências possível dentro do Jornalismo? 

A formação me possibilitou ter orgulho da minha trajetória profissional - Laura Paré conta como a aproximação com o mercado de trabalho ao longo da graduação contribuiu para que atingisse seus objetivos de carreira como jornalista

Laura Paré, jornalista formada pela Famecos e pós-graduando em Direitos Humanos pelo PUCRS Online / Foto: Camila Cunha

A jornalista tinha uma missão: descobrir do que ela não gostava. “Eu sempre pensei como que eu poderia ter o maior número de experiências possível dentro do meu curso. Então eu consegui identificar no meu primeiro estágio, em assessoria de imprensa, que também não era aquilo que eu gostava”. Mas ela ainda sentia que precisava testar coisas diferentes e deu o próximo passo. 

E logo ao entrar em uma grande agência de publicidade de Porto Alegre, Laura, em suas palavras, “se encontrou”, permanecendo por quase quatro anos na mesma empresa: “Eu vi que, apesar de estar realizando uma formação em Jornalismo, eu poderia trabalhar com Publicidade também, entendendo que a área da comunicação tem migrado cada vez mais para um modelo integrado”. 

Depois desse emprego Laura já teve outras oportunidades, que a proporcionam também novas experiências e até um outro estilo de vida. Atualmente ela é pós-graduanda em Direitos Humanos, Responsabilidade Social e Cidadania Global pela PUCRS e atua atendendo grandes clientes da indústria de cosméticos e cuidados pessoais, em outra agência conhecida nacionalmente. 

Mais do que uma carreira, uma jornada com propósito 

Para Laura, as experiências acadêmicas reverberam no futuro de diferentes formas, por isso defende a importância da qualificação profissional. Mas ela também enfatiza que cargos e salários são apenas uma parte da importante equação da vida, à qual também devem se somar os pesos de trabalhar com o que gosta, ter realização pessoal e propósito:  

“Eu confesso que a minha trajetória profissional é algo que me dá muito orgulho. Porque quando entrei na PUCRS eu trabalhava como vendedora, atuei em duas lojas, e na Universidade, ao longo dos semestres, eu tive a oportunidade de conseguir ingressar na minha área. Essa não é uma realização só minha, mas sim de toda a minha família e de outras pessoas que têm origens parecidas com as nossas”.

Laura acrescenta que é fundamental começar a graduação com a mente aberta. “Eu entrei com várias certezas e logo de cara vi que tinha outras 99 possibilidades. O estágio, por exemplo, é um dos melhores períodos para aprender, desenvolver-se e descobrir o que você gosta muito de fazer e o que não quer fazer depois de se formar, o que é tão importante quanto”, revela. 

Trajetória profissional, incentivos educativos e possibilidades de um futuro brilhante 

A formação me possibilitou ter orgulho da minha trajetória profissional - Laura Paré conta como a aproximação com o mercado de trabalho ao longo da graduação contribuiu para que atingisse seus objetivos de carreira como jornalista

Laura teve a oportunidade se tornar a primeira pessoa da sua família a ingressar no ensino superior graças ao ProUni / Foto: Camila Cunha

Já formada, Laura ensina que “a gente precisa olhar para o percurso na graduação por inteiro, aproveitando todas as possibilidades” e lista algumas formas de atingir seus objetivos após a graduação: 

Hoje Laura considera que ter contato com a estrutura da PUCRS, que vai muito além do Campus, é um diferencial em seu currículo. “As pessoas reconhecem o valor de estudar aqui, como um todo. De fato, hoje isso impacta nas minhas experiências, tanto em estágio quanto agora depois de formada. É um tipo de ‘selo’ que faz a diferença para o resto da vida”. 

A PUCRS já formou mais de 170 mil profissionais nos seus mais de 55 cursos de graduação e se consolidou como referência em empregabilidade e incentivo a qualificação profissional. Ingresse no seu curso dos sonhos e vislumbrar um novo futuro: conheça os cursos da PUCRS!

Nesta sexta-feira, 17 de janeiro, abre-se mais uma porta para quem tem interesse em estudar na PUCRS. Serão anunciadas as notas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), que podem ser utilizadas para ingresso na Universidade pelo Vestibular Complementar, que terá sua próxima avaliação no dia 22 de janeiro, com inscrições até dia 21; ou pela Seleção Contínua.

Outra possibilidade de ingresso utilizando o Enem é pelo Programa Universidade para Todos (ProUni), que tem como finalidade a concessão de bolsas de estudo integrais e parciais em cursos de graduação e sequenciais de formação específica. O benefício é dirigido aos estudantes egressos do ensino médio da rede pública ou da rede particular na condição de bolsistas integrais, que se enquadrem nos critérios estabelecidos pelo MEC. As inscrições para o semestre 2020/1 se iniciam dia 28 de janeiro. Serão oferecidas 150 bolsas.

A PUCRS disponibiliza mais de 2 mil vagas com bolsas, créditos e descontos. Além do ProUni, conta com o Crédito Universitário Banrisul e oferece créditos educativos próprios, Bolsa Licenciatura, Bolsa Diplomados e Desconto Familiar. Confira detalhes aqui.

ProUni já beneficiou mais de 12 mil estudantes da PUCRS

nota do enem, enem, prouni, ingresso, bolsa

Valdir Pinheiro é formando de Engenharia Elétrica / Foto: Applause Formaturas

A Universidade aderiu ao ProUni desde que foi implementado, em 2005, e, até o momento, mais de 12 mil estudantes já utilizaram este benefício. Valdir Francisco Pinheiro Filho, formando do curso de Engenharia Elétrica | Sistemas de Energia Elétrica, é um deles. Nascido em uma cidade do interior da Paraíba, estava cursando Matemática na Universidade Estadual quando, em 2012, conseguiu uma vaga para estudar na PUCRS. Na época, sua irmã havia se mudado há pouco para Porto Alegre, o que facilitou o processo de mudança. Apesar da preocupação com a distância do restante da família, diz ter encarado essa chance como uma oportunidade. “Por mais que já estivesse fazendo uma graduação, tinha esse desejo de cursar Engenharia Elétrica”, conta.

Pouco tempo depois de chegar à Universidade, Pinheiro foi convidado para ser monitor de Cálculo I e II no Lapren e, em maio de 2013, foi chamado para uma vaga de estágio no Labelo – onde foi efetivado em 2014 e está até hoje. Com a proximidade da formatura, adianta que não quer encerrar os estudos por aí: pensa em fazer mestrado na área de Energias Renováveis e não descarta a possibilidade de concluir o curso de Matemática na PUCRS. “Mas, antes de pensar nisso, vou tirar umas férias!”, confessa.

Oportunidades ampliadas

O estudante de Medicina Felipe Augusto Kunzler, de 23 anos, também ingressou na PUCRS pelo ProUni, por seu desempenho no Enem. Natural de Salvador do Sul, a cerca de 100 quilômetros de Porto Alegre, conta que a vontade de ser médico surgiu no final do ensino fundamental, quando o pai foi diagnosticado com câncer. “Passei a ter contato com a equipe médica, que sempre foi muito prestativa e humana naquele momento tão delicado. Ali tive a certeza de que queria poder atenuar a dor do próximo através da Medicina”, conta.

nota do enem, enem, prouni, ingresso, bolsa

Felipe Augusto Kunzler está no 11º semestre de Medicina / Foto: arquivo pessoal

Kunzler comenta que sempre estudou em escolas públicas e que se preparou para ingressar na Universidade com materiais didáticos que comprava em bancas de revistas – além de contar com a ajuda dos professores. Para ele, programas como o ProUni são importantes porque permitem que todos possam sonhar em estudar em uma instituição renomada de ensino. Acadêmico do 11º semestre, pensa em fazer Neurologia após a formatura. “Gosto também da ideia de retornar ao interior e poder fazer medicina com o meu povo. Realizei estágio de Medicina Rural em minha cidade e gostei muito de poder atender a população que sempre me apoiou”, relata.

Saiba mais sobre como ingressar na PUCRS com a nota do Enem

ProUni: a nota do Enem é o critério de seleção. Para o semestre 2020/1, a inscrição deve ser feita de 28 a 31 de janeiro no site http://prouni.mec.gov.br/. Candidatos pré-selecionados em primeira chamada serão divulgados no dia 4 de fevereiro. Dúvidas podem ser esclarecidas com o setor de ProUni da PUCRS pelo site e pelo e-mail [email protected].

Vestibular complementar: o desempenho no Enem pode ser utilizado para classificação. São válidas edições do exame de 2010 a 2019, desde que tenha alcançado a pontuação mínima de 400 pontos. A próxima avaliação será no dia 22 de janeiro, e as inscrições se encerram no dia 21.

Seleção contínua: é possível concorrer às vagas disponíveis nos cursos com a nota do Enem entre 2010 e 2019, contanto que a pontuação tenha sido superior a 400 pontos na Redação. Para isso, basta preencher o requerimento na Central de Atendimento ao Aluno, no prédio 15, para ingresso em curso com vagas abertas.

ProuniA PUCRS, como uma das universidades aderentes ao Programa Universidade para Todos (ProUni), oferece 250 bolsas para ingresso em diversos cursos de graduação no segundo semestre de 2019. A partir de hoje, 11 de junho, as inscrições para o processo seletivo estão abertas e seguem até sexta-feira, dia 14, no portal siteprouni.mec.gov.br. Para realizar o procedimento, é necessário ter em mãos o número de inscrição no Enem 2018 e senha.

Candidatos pré-selecionados em primeira chamada serão divulgados no dia 18 de junho, mesma data em que se inicia o período de entrega da documentação, estendendo-se até 25 de junho. Os pré-selecionados em segunda chamada serão divulgados em 2 de julho, e têm até o dia 8 do mesmo mês para apresentar os documentos.

Para agendar a entrega e confirmação da documentação, os inscritos devem entrar em contato com o setor de ProUni da Universidade, através dos telefones (51) 3353-7974 (51) 3353-4521. A lista de documentos requisitados exclusivamente para a PUCRS encontra-se disponível no link Documentos ProUni  2019/2.

Aqueles que desejem integrar a lista de espera devem acessar a página mec.gov.br entre os dias 15 e 16 de julho, para manifestação única de interesse. O resultado da lista de espera será disponibilizado em 18 de julho, e a apresentação de documentos pelos aprovados deve ser realizada entre os dias 19 e 22.

Em caso de dúvidas, o setor de ProUni da PUCRS pode ser contatado pelo site pucrs.br/prouni e pelo e-mail [email protected].

Atente-se às datas:

Inscrições – de 11 a 14 de junho

Divulgação primeira chamada – 18 de junho

Entrega de documentação primeira chamada – 18 a 25 de junho

Divulgação segunda chamada – 2 de julho

Entrega de documentação segunda chamada – 2 a 8 de julho

Manifestação de interesse na lista de espera – 15 e 16 de julho

Convocação lista de espera – 18 de julho

Entrega de documentação lista de espera – 19 a 22 de julho

ProuniA PUCRS, como uma das universidades aderentes ao Programa Universidade para Todos (ProUni), oferece 250 bolsas para ingresso em diversos cursos de graduação no segundo semestre de 2019. O processo seletivo estará com inscrições abertas de 11 a 14 de junho, no portal siteprouni.mec.gov.br. Para realizar o procedimento, é necessário ter em mãos o número de inscrição no Enem 2018 e senha.

Candidatos pré-selecionados em primeira chamada serão divulgados no dia 18 de junho, mesma data em que se inicia o período de entrega da documentação, estendendo-se até 25 de junho. Os pré-selecionados em segunda chamada serão divulgados em 2 de julho, e têm até o dia 8 do mesmo mês para apresentar os documentos.

Para agendar a entrega e confirmação da documentação, os inscritos devem entrar em contato com o setor de ProUni da Universidade, através dos telefones (51) 3353-7974 (51) 3353-4521. A lista de documentos requisitados exclusivamente para a PUCRS encontra-se disponível no link Documentos ProUni  2019/2.

Aqueles que desejem integrar a lista de espera devem acessar a página mec.gov.br entre os dias 15 e 16 de julho, para manifestação única de interesse. O resultado da lista de espera será disponibilizado em 18 de julho, e a apresentação de documentos pelos aprovados deve ser realizada entre os dias 19 e 22.

Em caso de dúvidas, o setor de ProUni da PUCRS pode ser contatado pelo site pucrs.br/prouni e pelo e-mail [email protected].

Atente-se às datas:

Inscrições – de 11 a 14 de junho

Divulgação primeira chamada – 18 de junho

Entrega de documentação primeira chamada – 18 a 25 de junho

Divulgação segunda chamada – 2 de julho

Entrega de documentação segunda chamada – 2 a 8 de julho

Manifestação de interesse na lista de espera – 15 e 16 de julho

Convocação lista de espera – 18 de julho

Entrega de documentação lista de espera – 19 a 22 de julho

 

prouniAté o dia 30 de abril, estudantes PUCRS bolsistas do Programa Universidade Para Todos (ProUni) podem protocolar as solicitações de reopção de curso e/ou turno. Os pedidos podem ser realizados online, neste link, ou presencialmente na Central de Atendimento ao Aluno – Coordenadoria de Registro Acadêmico, no prédio 15 – Living 360°. Os critérios de classificação devem ser consultados no Edital 001/2019 – ProUni – Abertura de inscrições para reopção de curso. Ao todo, existem 15 opções de Graduação e/ou turnos a serem escolhidos, conforme lista abaixo:

Curso/Vagas

Biomedicina                                        5
Ciências Sociais – Licenciatura      10
Ciências Sociais – Bacharelado     10
Direito (tarde)                                    5
Educação Física – Bach. (noite)     10
Escrita Criativa                                 10
Geografia – Bacharelado                 5
História – Bacharelado                    5
Letras – Língua Portuguesa          10
Matemática – Bacharelado             5
Psicologia – tarde                           10
Química – Licenciatura                    5
Química – Bacharelado                   5
Serviço Social                                    5
Teologia                                           10

prouniEstá aberto o edital público para que universitários bolsistas do Programa Universidade Para Todos (ProUni) possam solicitar transferência de outras instituições para a PUCRS. O período é de 1º a 30 de abril para os cursos de Ciências Aeronáuticas, Psicologia (tarde) e Teologia. No caso da Graduação em Medicina, as inscrições serão de 10 a 20 de julho de 2019. Para informações detalhadas, é possível acessar o documento disponível neste link. O número de vagas segue abaixo.

Cursos e Vagas para transferência ProUni

Ciências Aeronáuticas       10
Psicologia (tarde)               05
Teologia                               05
Medicina*                           05

*De 10 a 20 de julho de 2019

Logo do processo seletivo prouni 2019/1A PUCRS, uma das universidades aderentes ao Programa Universidade para Todos (ProUni), oferece 220 vagas para alunos que ingressarem no primeiro semestre de 2019, divididas em diversos cursos. Até este domingo, dia 3 de fevereiro, estão abertas as inscrições de interessados a concorrer a uma bolsa.

O procedimento pode ser realizado pelo portal siteprouni.mec.gov.br, sendo necessário ter em mãos o número de inscrição no Enem 2018 e senha. Os nomes dos pré-selecionados serão divulgados em 6 de fevereiro e, no mesmo dia, tem início o período de entrega da documentação, estendendo-se até 14 de fevereiro.

Mais informações pelo telefone (51) 3353-7974 ou pelo site www.pucrs.br/prouni. A lista de documentos necessários para a PUCRS encontra-se disponível no link documentos para comprovação de informações.

 

Confira o cronograma: