Engenharia Química

Engenharia Química alia conhecimentos de diversas áreas na fabricação e desenvolvimentos de fármacos, alimentos e cosméticos/ Foto: Giordano Toldo

Conhecida como a “engenharia universal”, a Engenharia Química mistura conhecimentos da Biologia, Matemática, Química e Física e os aplica na formulação de novos produtos como alimentos, cosméticos e medicamentos, por exemplo, além de melhorar processos focados em eficiência energética e a sustentabilidade ambiental.  

Aliando teoria e prática desde os primeiros semestres, o curso de Engenharia Química da Escola Politécnica da PUCRS prepara estudantes para os desafios do mercado, ofertando um currículo atualizado, aprendizagem com professores qualificados e infraestrutura de ponta. A coordenadora do curso, a professora Dra. Gerti Weber Brun, destaca os ambientes de aprendizagem únicos que a PUCRS oferece aos estudantes: “Neles, os estudantes fazem aulas práticas usando equipamentos iguais e em escala menor aos que vão encontrar na prática profissional”, pontua.  

Ela destaca que as estruturas da Escola Politécnica oferecem inúmeras possibilidades de ensino e aprendizagem aos alunos/as, por meio de laboratórios especializados, equipamentos e recursos: 

“Experimentos controlados por softwares supervisórios em que o controle pode ser feito à distância. Plantas piloto onde o processo de obtenção de algum produto ocorre em escala menor que a industrial, mas possuindo a mesma configuração de equipamentos, acessórios, controle e instrumentação do que aquela em escala real. Laboratórios computacionais atualizados permitem a utilização de softwares comerciais utilizados no mercado de trabalho para projeto e análise de processos, fazendo com o que o estudante conheça e saiba utilizar a ferramenta com eficiência ao entrar no mercado profissional”, enumera. 

Todos estes ambientes favorecem o desenvolvimento de desafios, a integração de conteúdos e a ampla estrutura curricular do curso de Engenharia Química, que possibilita uma formação de excelência a estudantes por meio da diversificação do percurso formativo, certificações de estudos, integração de conhecimentos com outros cursos da Escola e também com a pós-graduação. “Este desenvolvimento acontece imerso num ambiente de referência em inovação e pesquisa de ponta, com a orientação de profissionais e pesquisadores renomados no Brasil e no mundo”, acrescenta a docente. 

São muitas as possibilidades de atuação na área 

Engenharia Química

Profissional da Engenharia Química é o profissional do futuro/ Foto: Giordano Toldo

A estrutura do curso faz com que o aluno saia preparado para os desafios do mercado de trabalho – no qual a Engenharia Química ocupará uma posição de destaque. A professora Gerti explica que habilidades e competências para produzir novos materiais, alimentos, fármacos e otimizar processos considerando a eficiência energética e a sustentabilidade ambiental serão mais necessárias do que nunca nos próximos anos.  

“A Engenharia Química é uma engenharia de processos. Para além da atuação em indústria química e petroquímica, seu leque de atuação abrange várias outras áreas, se estendendo em toda atividade humana de transformação de matérias-primas em produtos, que envolve conhecimentos de engenharia”, destaca a coordenadora do curso de Engenharia Química da PUCRS. 

Entre as principais tendências tecnológicas na área, segundo a professora, estão: 

A coordenadora também destaca a importância dos professores na formação de profissionais sintonizados com o futuro do trabalho na área. Os professores se mantêm constantemente atualizados por meio de cursos de capacitação tanto na área acadêmica como técnica. Além disso, mantêm contato com pesquisadores da área de outras instituições de renome, tanto nacionais como internacionais. Alguns, além de lecionar, atuam também no mercado, trazendo as últimas tendências para a sala de aula. “A PUCRS, como um ecossistema de conhecimento e inovação, com atuação de seus docentes e pesquisadores de forma transversal, possibilita a formação de um profissional que o mercado atual exige: com múltiplas facetas de atuação”, ressalta. 

Por que estudar na PUCRS 

Juan Fajardo está no 8º semestre e atua no Laboratório de Operações Unitárias (LOPE)/ Foto: Giordano Toldo

Para além da estrutura específica do curso de graduação em Engenharia Química, a Universidade possui um ecossistema completo de ensino, pesquisa, inovação e empreendedorismo ao dispor de seus estudantes. Por meio de estágios e da Iniciação Científica, é possível atuar junto ao Tecnopuc, aos Laboratórios Especializados em Eletroeletrônica (Labelo), ao Instituto de Petróleo e Recursos Naturais (IPR) e a diversos laboratórios da Universidade. Quando o assunto é internacionalização da carreira, os estudantes também são incentivados a participar do programa de Mobilidade Acadêmica da PUCRS. Além disso, podem cursar disciplinas em inglês periodicamente, realizando networking e trocas de conhecimentos com professores e alunos estrangeiros. “Também proporcionamos encontros com alumni que trabalham fora do País através de palestras ou conversas em sala de aula, bem como com professores estrangeiros visitantes”, acrescenta Gerti. 

O estudante Juan Mora Fajardo, de 21 anos, está no 8º semestre do curso e conta que decidiu cursar Engenharia Química ainda quando estava no Ensino Médio por gostar muito da área das ciências exatas: “a partir disso, fui pesquisando qual curso que eu mais gostava da matriz curricular e da vida pós formação”, conta ele.  

Juan participa do Programa G+1, que permite cursar disciplinas do mestrado ainda durante a graduação, adiantando o processo da obtenção do título de mestre em um ano. Ele optou por estudar na PUCRS devido à infraestrutura e às oportunidades oferecidas ao longo da graduação: 

“Após três anos de curso, me sinto excelente em poder dizer que foi a melhor opção a que escolhi. O curso de Engenharia Química possui uma organização muito completa e conta com um grupo de docentes fenomenal, tanto dentro de sala como fora dela, sempre estão disponíveis para sanar dúvidas referentes ao curso e conversar sobre o que é ser engenheiro. As oportunidades oferecidas durante a graduação são vastas”, destaca o estudante. 

Ele também elogia a estrutura da Escola Politécnica: “é completa e conta com diferentes prédios, o principal deles sendo o prédio 30, que possui laboratórios de diversas áreas voltados para o ensino. Há também laboratórios de pesquisa, como o Laboratório de Operações Unitárias (LOPE), dos qual tenho orgulho em dizer que faço parte e onde passo grande parte do meu tempo aqui na PUCRS.” 

O estudante conta que um dos espaços que mais gosta no campus é o Living 360°, por proporcionar um espaço amplo para refeições, aulas, descanso e estudos individuais e em grupo. Mas seu lugar preferido é a Biblioteca Ir. José Otão, por conta de sua estrutura física (salas, computadores) e de seu extenso e diverso acervo de materiais físicos e digitais. A quem está em dúvida sobre qual instituição escolher para cursar seu curso de graduação, Juan deixa uma mensagem: 

“Para aqueles que buscam cursar Engenharia Química ou quaisquer outros cursos, a PUCRS é o lugar certo, principalmente por valorizar o aluno e sempre se preocupar em manter a excelência do ensino, missão que tem sido cumprida em seus mais de 75 anos de história”, relata.  

ESTUDE ENGENHARIA QUÍMICA NA PUCRS