Institucional

Referência no jornalismo mundial, C.W. Anderson é a atração em evento gratuito da Famecos

segunda-feira, 07 de dezembro | 2020

Debater e reiterar a importância do jornalismo para a sociedade democrática, especialmente em tempos de desinformação, é a proposta do evento. Assim, o webinar Credibilidade em Jogo: jornalismo contra desinformação ocorre no dia 8 de dezembro, a partir das 15h30min. Promovido pelo curso de Jornalismo da Escola de Comunicação, Artes e Design – Famecos da PUCRS, com o apoio do Consulado Geral dos Estados Unidos em Porto Alegre, o evento virtual é aberto ao público e gratuito. Com tradução simultânea, a transmissão acontece via o canal da PUCRS no YouTube.

Dividido em três painéis, o encerramento fica a cargo do norte-americano C.W. Anderson, conhecido por sua pesquisa sobre o futuro do jornalismo e o jornalismo de dados, além de ser um pesquisador renomado e muito conhecido no Brasil pelo Relatório do Jornalismo Pós-Industrial, escrito em parceria com Emily Bell e Clay Shirky, outros renomados pesquisadores. Com mediações de professores da PUCRS, o evento também contará com as participações de jornalistas dos portais The Intercept Brasil, UOL e Nexo Jornal, além do laboratório de jornalismo Énois.

Confira a programação completa:

  • 15h30min – O Jornalismo Cercado: um bate-bola, com Caio Cavechini e mediação dos professores Fabian Chelkanoff e Fábio Canatta.

Sobre o convidado:

Caio Cavechini é jornalista formado pela Eca-USP e documentarista. Foi repórter e editor executivo do ‘Profissão Repórter’, programa semanal da Globo indicado ao Emmy em 2012. Como repórter, participou de coberturas que vão do terremoto no Haiti à violência urbana nas cidades brasileiras, do conflito em Gaza às enchentes históricas em Santa Catarina e no Acre. Em 2016, assinou dois textos e a organização do livro ‘Profissão: Repórter, 10 anos’. Como documentarista, Caio Cavechini dirigiu ‘Carne, Osso’, sobre o trabalho em frigoríficos, que passou por festivais de cinema como o É Tudo Verdade, recebeu menção honrosa no DOK Leipzig (Alemanha) e o prêmio Vladmir Herzog em 2012. O longa ‘Jaci: sete pecados de uma obra amazônica’ recebeu o premio Gabriel García Marquez de Periodismo Iberoamericano. Também dirigiu ‘Entre os Homens de Bem’, sobre Jean Wyllys e a polarização no Congresso (festival de Brasília, Tiradentes e Premio do público no Quer Lisboa), e ‘Cartas para um Ladrão de Livros’ (Festival do Rio, Mostra de SP e DocPoint – Finlândia). Em 2020, dirigiu para o GloboPlay sua primeira série: Marielle – o documentário.

  • 16h – Por que devemos acreditar no jornalismo em 2021, com Leandro Demori e Fabiana Moraes, mediação do professor Moreno Osório

Sobre os convidados:

Leandro Demori é um jornalista e escritor brasileiro especializado em jornalismo investigativo com ênfase em sistemas mafiosos. É editor-executivo do site The Intercept Brasil. Em junho de 2019, liderou a cobertura do caso que ficou conhecido como Vaza Jato, vazamento de conversas travadas no aplicativo Telegram entre o ex-juiz Sérgio Moro e o promotor Deltan Dallagnol, além de outros integrantes da força-tarefa da Operação Lava Jato. É autor do livro Cosa Nostra no Brasil, a história do mafioso que derrubou um império, que conta a vida do mafioso italiano Tommaso Buscetta.

Fabiana Moraes é jornalista, escritora e doutora em Sociologia. Professora do curso de Comunicação Social da Universidade Federal de Pernambuco. Tem pesquisas acadêmicas voltadas para a questão da hierarquização social (análise sobre pobreza e celebrificação do cotidiano) e estuda a relação entre jornalismo, colonialidade, ativismo e subjetividade. É vencedora de três prêmios Esso; Prêmio Petrobras de Jornalismo; Prêmio Embratel e ainda os prêmios Cristina Tavares e Comissão Europeia de Turismo.  Lançou cinco livros, foi finalista do Prêmio Jabuti com três deles. É conselheira da Agência Pública de Jornalismo e ÉNóis. Foi repórter especial do Jornal do Commercio e articulista da piauí e do UOL.

  • 17h30 – Credibilidade através do relacionamento com o público, com Letícia Arcoverde e Sanara Santos, mediação da professora FêCris Vasconcellos

Sobre as convidadas:

Letícia Arcoverde é editora do Nexo Jornal. Formada em jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina, tem pós-graduação em Gestão da Informação Digital pela Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo. Foi repórter no jornal Valor Econômico.

Sanara Santos é nascida e criada na zona leste de São Paulo na Favela da Ilha, conhecida assim por ser cercada pelos afluentes do rio Tamanduateí. Jornalista formada pelo laboratório de jornalismo Énois, artista e diretora de fotografia, Sanara acredita em um mundo onde todos podemos viver das nossas diversidades.

  • 19h – O Futuro da Credibilidade Jornalística, com C.W. Anderson, mediação dos professores André Pase e Eduardo Pellanda

Sobre o convidado:

C.W. Anderson é norte-americano e vive na Inglaterra há um ano e meio, ocupando a posição de diretor de Pesquisa e Pós-Graduação na Universidade de Leeds, onde também é professor de Jornalismo, Mídia e Comunicação. Muito conhecido no Brasil pelo Relatório do Jornalismo Pós-Industrial, escrito em 2012 com Emily Bell e Clay Shirky, da Universidade de Columbia. Anderson também é autor do livro Apostles of Certainty: Data Journalism and the Politics of Doubt, de 2018, onde ele analisa como a ideia de jornalismo de dados mudou ao longo do tempo.

Mais recentes