Serviços

PUCRS recebe acervo do escritor e jornalista Carlos Urbim

quarta-feira, 30 de março | 2016

Reitor, Joaquim Clotet, e Alice Urbim

Reitor, Joaquim Clotet, e Alice Urbim
Foto: Bruno Todeschini – Ascom/PUCRS

A PUCRS recebeu na manhã desta quarta-feira, 30 de março, o acervo do escritor e jornalista gaúcho Carlos Urbim, falecido em 2015, aos 67 anos. O evento, no Salão Nobre da Reitoria, teve a presença do Reitor, Joaquim Clotet, da viúva do escritor, a jornalista Alice Urbim, da diretora da Faculdade de Letras, Regina Kohlrausch, do coordenador-geral do Delfos – Espaço de Documentação e Memória Cultural, Luiz Antonio de Assis Brasil, do coordenador do Espaço, Ricardo Barberena, da diretora da Biblioteca Central Irmão José Otão, Ana Benso, além de amigos da família.

Integram a doação a coleção encadernada de Zé H, suplemento infantil do jornal Zero Hora, do qual foi o criador e editor; originais de praticamente todos os livros de Urbim, escritos à mão ou datilografados; clippings de materiais de imprensa sobre os lançamentos das obras e de sua participação em eventos de literatura; óculos; gravatas, troféus, fotografias; a coleção O Continente, jornal de cultura onde ele foi editor junto com o escritor Tabajara Ruas; medalhas, diplomas e honras que recebeu por sua obra; a coleção encadernada de O Povo, além de documentos pessoais como carteira de trabalho, certidão de nascimento e certificados de conclusão de curso.

Carlos Urbim na Feira do Livro Infantil do HSL

Carlos Urbim na Feira do Livro Infantil do HSL, em 2009
Foto: Arquivo – Ascom/PUCRS

Na cerimônia, bastante emocionada, Alice destacou aspectos da personalidade do marido, que, segundo ela, se transformava em um “showman” na frente das crianças. “Ele amava o que fazia. Quando foi patrono da Feira do Livro de Porto Alegre, em 2009, passava o dia inteiro lá, recebendo jornalistas, escolas, crianças. Só vinha em casa para dormir. Foi muito intenso”. Também leu alguns poemas da obra O Caderno de Temas, com o original do livro em mãos, pintado com canetas coloridas. Sobre a doação à PUCRS, disse estar muito feliz, pois tem certeza do cuidado que será dado ao material, e pela oportunidade de compartilhar conhecimento e colaborar com pesquisas. “A PUCRS é nossa segunda casa. Tivemos aqui uma excelente formação e, além disso, fomos professores durante os anos 80 e 90 na Faculdade de Comunicação Social, nas disciplinas de telejornalismo. Temos muito orgulho da Instituição”.

Assis Brasil lembrou a alegria do autor. “Ele brilhava no meio das crianças. Seu legado é muito importante, pois gerações de crianças ficaram impregnadas pela literatura com as suas obras”. Clotet agradeceu a família pelo gesto e declarou que a Universidade está orgulhosa em receber o acervo de Urbim. “Guardaremos muito bem esse tesouro, que também é uma parte do seu coração”, disse à Alice. Os materiais devem passar em breve pelos processos de manutenção, higienização e catalogação e, após, serão disponibilizados para pesquisa física e digitalização.

 

Saiba mais

Mais recentes