Institucional

PUCRS Piano traz música para a comunidade

terça-feira, 20 de março | 2018

pucrs piano

Foto: Camila Cunha

Utilizar o piano como ferramenta de integração e transformação. Esse é o grande objetivo do projeto PUCRS Piano. Promovida pelo Instituto de Cultura da Universidade (IC), a ação busca estabelecer espaços de livre manifestação cultural dentro do Campus. Para isso, cinco pianos acústicos ficarão distribuídos em lugares estratégicos. Os instrumentos estarão disponíveis para a utilização espontânea da comunidade acadêmica, além da realização de recitais, masterclasses e pocket shows. A entrega do primeiro instrumento será marcada pelo recital Caleidoscópio Musical, da pianista Olinda Allessandrini. O evento, gratuito e aberto ao público, acontecerá no dia 22 de março, no saguão de entrada da Biblioteca Central Ir. José Otão, no prédio 16 do Campus (avenida Ipiranga, 6681 – Porto Alegre), às 18h30min.

“Existe uma sacralização da arte em alguns momentos. Como se fosse algo para poucos. Nessa iniciativa, o piano se torna acessível”, diz o diretor do IC, professor Ricardo Barberena.

Até o final do ano, após afinação e restauração, os outros quatro instrumentos serão disponibilizados ao público. Os dois pianos de cauda e três pianos verticais estarão na Biblioteca Central (prédio 16), na Escola Politécnica (prédio 30), na Escola de Negócios (prédio 50), na Escola de Humanidades (prédio 9) e no Global Tecnopuc (prédio 97B).

“Temos duas vertentes que eu acho muito bonitas nesse projeto: de levar a cultura para diferentes quadrantes e também de dar acesso ao instrumento.  A nossa grande meta a médio e longo prazo é transformar a PUCRS em um polo cultural. Para que isso aconteça, é preciso que haja um engajamento da nossa comunidade. Para isso, nada melhor, do que disseminar em diferentes lugares a cultura”, explica Barberena.

 

Atrações musicais

Olinda Allessandrini,pianista

Foto: Sergio Vergara

O lançamento do projeto trará, pela primeira vez para a Universidade, o recital Caleidoscópio Musical, com a renomada pianista Olinda Allessandrini. No dia 22 de março, a musicista realizará uma apresentação apoiada no Romantismo Musical, com o colorido de diferentes compositores europeus e sul-americanos. O repertório contará com a poesia do argentino Carlos Guastaviano, os ritmos brasileiros provenientes da herança africana de Frutuoso Vianna e Ernesto Nazareth e as variações do Hino Nacional Brasileiro escritas por Gottschalk.

No dia 18 de abril, acontecerá o evento de inauguração de mais um instrumento, com os artistas Mari Kerber e Ale Ravanello. Dessa vez, o tema será o blues, através de uma apresentação comentada sobre a história do gênero, suas variações e formas de improviso. Canções autorais e interpretações de Ray Charles, Eric Clapton, Johnny Mercer e integrarão o repertório. A atividade acontecerá a partir das 18h30min, na Escola de Humanidades, no saguão de entrada do prédio 9.

Mais recentes