Ensino

PUCRS na final do Act in Space na França

sexta-feira, 01 de junho | 2018

Foto divulgação

Foto divulgação

Os estudantes da Escola Politécnica Talles Feijó (Engenharia Elétrica), Jonathan Culau e Guilherme Rocha (Engenharia de Controle e Automação) foram os vencedores da etapa nacional do Act In Space, único evento no mundo a oferecer a chance de trabalhar com patentes da Agência Espacial Europeia (ESA) e Agência Espacial Francesa (CNES). O evento foi realizado nos dias 25 e 26 de maio no Global Tecnopuc. A PUCRS foi a única universidade do Brasil a sediar a etapa nacional, junto de 72 cidades em 34 países no mundo.

O projeto vencedor consiste em uma solução de baixo custo, com satélites de balões estratosféricos para monitoramento de plantações, reduzindo os prejuízos causados por pragas nos cultivos. O modelo de negócio criado pelos estudantes seria acessível à renda de produtores familiares com objetivo de trazer mais estabilidade a essas pessoas e à cadeia produtiva. Com uma apresentação impecável, a equipe RTC Control conquistou os jurados e garantiu vaga na final em Toulouse, França em 27 de junho. Os estudantes serão preparados para a apresentação, que será em inglês, pela a equipe do Idear – Laboratório Interdisciplinar de Empreendedorismo e Inovação da PUCRS e serão acompanhados pelo professor da Escola de Negócios Vicente Zanella.

O evento

O principal objetivo do Act In Space é fomentar a criação de startups que utilizam tecnologias espaciais que causam impacto no cotidiano. No Brasil, o evento foi promovido pelo Idear, com patrocínio do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae)Consulado-Geral da FrançaEscola Politécnica da PUCRS e Pró-Reitoria de Graduação e Educação Continuada PUCRS (Prograd). A atividade teve apoio do Parque Científico e Tecnológico da PUCRS (Tecnopuc) e da Escola de Negócios da PUCRS.

Participaram 14 grupos com projetos inspirados no espaço de impacto cotidiano, focados na questão social e humanitária. Foram 140 inscritos, sendo 80 participações presenciais durante 24 horas de atividades para encontrar respostas para as necessidades do futuro, inventando novos usos e serviços derivados de tecnologia espacial, a fim de resolver problemas sociais e enfrentar os desafios do mundo contemporâneo.

Os três projetos melhor colocados na etapa nacional garantiram vaga no Programa de Modelagem de Negócios – Startup Garagem, do Tecnopuc. O programa conta com mentorias gratuitas na área de negócios durante três meses, além de um espaço para cada time usufruir nesse período. Todos os grupos participantes receberam certificado de horas complementares.

Mais recentes