Inovação

Prefeitura de Porto Alegre e Aliança para Inovação lançam desafio para startups

quarta-feira, 08 de agosto | 2018

startedu, tecnopuc, inovação, educação, prefeitura, porto alegre, crialab, marchezan, nagelstein, elefante letrado

Prefeito pede engajamento à iniciativa Star.Edu
Foto: Camila Cunha

A Secretaria Municipal de Educação (Smed) e a Aliança para Inovação em Porto Alegre, formada pela UFRGS, PUCRS e Unisinos, lançaram na tarde da última terça-feira, dia 7 de agosto, o Programa Start.Edu. A iniciativa visa atrair startups que proponham soluções inovadoras para a rede municipal de ensino.

A cerimônia ocorreu no Tecnopuc Crialab e contou a presença do prefeito da Capital, Nelson Marchezan Júnior; do secretário da Smed, Adriano Naves de Brito; do presidente da Câmara Municipal de Vereadores, Valter Nagelstein, entre outras autoridades e convidados.

O programa busca conectar professores, alunos, pais, gestores e sociedade, com o propósito de ampliar a qualidade dos processos de aprendizagem nas escolas. Para isso, selecionou 20 desafios identificados pela Smed, alocados em três dimensões: Desafios para Promoção da Aprendizagem; Gestão Escolar e Gestão das Aulas; e Melhoria dos Serviços Públicos na Educação.

Marchezan Júnior sugeriu às universidades a extensão do projeto para as áreas da saúde, segurança e assistência social.  “Peço ajuda de vocês para que possamos fazer essa experiência em outros setores do município. Precisamos sair da tese dos discursos e ir para a prática para dar mais qualidade de vida às pessoas”, afirmou.

 

startedu, tecnopuc, inovação, educação, prefeitura, porto alegre, crialab, marchezan, nagelstein, elefante letrado

Secretário de Educação apresenta o programa
Foto: Camila Cunha

Como participar

Para participar do projeto, os empreendedores devem acessar o edital no site da Smed e realizar inscrição. Serão selecionadas propostas que possam contribuir com os desafios de qualificar os processos de aprendizagem e o desempenho dos alunos, ampliar a eficiência da gestão escolar e melhorar os serviços prestados pela Secretaria ao cidadão. O programa não prevê transferência de recursos, mas oportuniza que os empreendedores testem em situações reais seus modelos de negócio.

 

Doação de licenças de uso de livros

Durante o lançamento, a Fundadora da Plataforma Digital de Leitura Elefante Letrado, Scheila Vontobel, anunciou a doação da licença de uso dos mais de 400 livros direcionados a crianças e jovens até o quinto ano do ensino fundamental para as escolas do município. “Sabemos que não basta oferecer livros, mas ensinar a ler e é um prazer poder contribuir com o processo de evolução do ensino das crianças”, destacou.

Mais recentes