Institucional

Novo Cônsul Geral dos Estados Unidos em Porto Alegre visita o Tecnopuc

quinta-feira, 03 de setembro | 2020

O novo cônsul, Shane Christensen (centro), com representantes da PUCRS, do Consulado dos Estados Unidos e da empresa HPE / Foto: Embaixada e Consulados dos EUA no Brasil

O novo Cônsul Geral do Consulado dos Estados Unidos em Porto Alegre, Shane Christensen, visitou o Parque Científico e Tecnológico da PUCRS (Tecnopuc) nesta quinta-feira, dia 3 de setembro, seguindo todos os protocolos de segurança. Ele foi recebido pelo Superintendente de Inovação e Desenvolvimento da PUCRS, Jorge Audy, pelo Relações Institucionais da Universidade, Solimar Amaro, e pelo diretor do Tecnopuc, Rafael Prikladnicki.

O Cônsul visitou o Tecnopuc Fablab e o Tecnopuc Crialab, os coworkings CW Global e CW Link, a empresa Hewlett Packard Enterprise (HPE), onde foi recebido pelo diretor de P&D da empresa, Rogerio Timmers. Christensen comenta que mesmo com as limitações devido à pandemia, foi possível comprovar o que já havia escutado: que o Tecnopuc é um centro de excelência em tecnologia e inovação. “Conhecer este parque, que fica dentro de uma Universidade, também é muito importante para o meu trabalho à frente do Consulado dos Estados Unidos em Porto Alegre, porque a educação e a inovação são dois pilares muito importantes na nossa relação com o Brasil”, salienta.

O Cônsul ainda conta que um exemplo disso foi a palestra da americana Ingrid Vanderveldt no Tecnopuc, dois anos atrás. “Ela é fundadora e presidente do projeto Empowering a Billion Women (EBW) by 2020 (Empoderando um bilhão de mulheres até 2020) e, por meio do Consulado dos EUA, pôde conversar com alunos e colaboradores do Parque sobre empreendedorismo feminino e o futuro da inovação”, exemplifica Christensen. O Cônsul ainda reforça: “acredito que parques tecnológicos como o Tecnopuc são essenciais para o desenvolvimento de uma economia de inovação na região e no Brasil. O Tecnopuc parece ser o local ideal onde criatividade, empreendedorismo e estratégia se unem, e essa união pode aumentar ainda mais a relevância do Rio Grande do Sul na nova economia”.

Foto: Embaixada e Consulados dos EUA no Brasil

Rogério Timmers, da HPE, relembra que há anos o relacionamento da organização com o consulado americano em Porto Alegre tem sido excelente. “A visita foi importante para que o Cônsul conheça como a HPE, uma empresa americana que atua no Brasil fazendo pesquisa e desenvolvimento com profissionais e relacionando-se diretamente com times nos EUA”, diz Timmers.

De acordo com Audy, a visita foi muito importante para mostrar o potencial da área de inovação na cidade e no Estado, onde o Tecnopuc é um dos ecossistemas mais atuantes. “Tivemos também a oportunidade de conversar sobre a trajetória do Parque, sua origem envolvendo as empresas americanas pioneiras, e os atuais desafios e perspectivas pós pandemia dos ecossistemas de inovação no Brasil e no mundo. Também conversamos sobre as principais áreas de pesquisa e inovação na PUCRS e os projetos Aliança para Inovação e Pacto Alegre, que o Cônsul já tinha conhecimento e demonstrou interesse de atuar em parceria”, explica o Superintendente.

Sobre Shane Christensen

Antes de assumir o posto na capital gaúcha, foi Chefe de Gabinete do Escritório para Assuntos do Hemisfério Ocidental do Departamento de Estado norte-americano, instrutor de liderança e negociações no Instituto de Serviços Estrangeiros dos EUA (U.S. Foreign Service Institute) e oficial sênior no setor de Comunicação e Gestão de Crises do Departamento de Estado.

No exterior, Christensen serviu nas embaixadas dos EUA na Cidade do México, Havana e Cabul, nas Missões dos EUA nas Nações Unidas, em Nova York, e na Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), em Paris, e no Consulado Geral dos EUA em Dubai.

Natural de Montana, Christensen é formado em Ciência Política pela Universidade da Califórnia em Berkeley e mestre em Relações Internacionais e Administração Pública pelas universidades de Cambridge e Harvard. Ele fala português, espanhol, francês e um pouco de farsi. Antes de ingressar no Departamento de Estado, foi escritor freelancer sobre viagens pela América Latina, Europa e pelos Estados Unidos. Além disso, o cônsul também é coach e negociador certificado.

Mais recentes