Institucional

Mobilidade Urbana terá centro em parceria de PUCRS e UFRGS

terça-feira, 13 de setembro | 2016

Assinatura do memorando para a criação do Centro de Referência em Estudos Avançados em Tecnologias de Mobilidade Urbana (Cretec-MU)

Foto: Bruno Todeschini – Ascom/PUCRS

A PUCRS e a Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) formalizaram nesta terça-feira, 13 de setembro, uma parceria para promover pesquisas na área de mobilidade urbana. O memorando para a criação do Centro de Referência em Estudos Avançados em Tecnologias de Mobilidade Urbana (Cretec-MU) foi assinado no Global Tecnopuc com a presença do Reitor da PUCRS, Joaquim Clotet, e do Vice-Reitor da UFRGS, Rui Vicente Oppermann. A iniciativa busca tornar Porto Alegre uma referência em tecnologia nesse setor por meio do compartilhamento de dados, infraestrutura e conhecimento, além de desenvolver conjuntamente programas de pesquisa e fomento à inovação em transporte e logística. Em um primeiro momento, os trabalhos ocorrerão em laboratórios e núcleos de pesquisa já existentes, mas há planejamento para que o Centro seja instalado no 4º Distrito de Porto Alegre assim que o projeto de revitalização da região seja executado.

Este projeto é fruto de uma parceria existente há dez anos entre as duas Universidades, que resultou, por exemplo, na execução de projetos como o aeromóvel. A criação do Centro conta com apoio do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), via Financiadora de Estudos e Projetos (Finep). Clotet ressaltou que a terceira missão das universidades é o desenvolvimento, ao olhar para as cidades onde estão instaladas a partir da colaboração e da solidariedade. “Caminhamos juntos para que o Estado e a vida daqueles que o habitam sejam melhores”. Para Oppermann, é uma satisfação ter a parceria concretizada, com múltiplos atores, para um tema fundamental para as cidades. “Esse conjunto de forças pode efetivamente apresentar soluções para os problemas locais, que poderão ser aplicados em outras regiões”, disse. O secretário municipal da Fazenda, Jorge Luis Tonetto, afirmou que há uma carência nas tecnologias para essa área, mas que todas as ações vistas nas cidades são para buscar mais sustentabilidade e qualidade de vida. “Porto Alegre pode ser um exemplo para as outras cidades”.

O diretor da Escola de Engenharia da UFRGS, Luiz Carlos Pinto da Silva Filho, e o professor da Faculdade de Engenharia da PUCRS Edgar Bortolini, presentes na cerimônia, coordenam o projeto conjuntamente. De acordo com Bortolini, alguns temas prioritários são veículos elétricos e otimização de trânsito para redução de fluxo. “As megalópoles estão crescendo, os problemas aumentando e nós podemos colaborar com nosso conhecimento. Afinal, há um grande número de doenças causadas pela emissão de poluentes e o tempo de trânsito, que são questões que queremos tratar”, acredita. Silva destacou que a parceria entre as instituições é antiga. “Esse momento demonstra o quão exitosa foi essa relação. É um novo patamar que estabelecemos para fazer a diferença para a cidade e para nosso País”, disse. Apesar de ligado diretamente à Faculdade de Engenharia da PUCRS e à Escola de Engenharia da UFRGS, a ideia é que o Centro abrigue pesquisas multidisciplinares.

Mais recentes