Ensino

Estudantes apresentam suas experiências em mobilidade acadêmica

quarta-feira, 29 de agosto | 2018

speak out, mobilidade acadêmica, intercâmbio, intercambistas, alunos, internacionalização, ascin, prédio 9

Foto: Camila Cunha

Cursar um semestre da graduação no exterior é, sem dúvida, uma das experiências mais enriquecedoras que o estudante pode viver. Praticar um novo idioma, conhecer pessoas de culturas diferentes e aprender mais sobre si mesmo são apenas algumas das vantagens citadas pelos estudantes que participaram da mais recente edição do Speak Out: Experiências Internacionais nas noites de 27 e 28 de agosto. Alunos interessados em intercâmbio puderam ouvir de quem já participou do Programa de Mobilidade Acadêmica sobre os aprendizados acumulados ao longo da jornada no exterior.

O primeiro dia de evento trouxe estudantes que estudaram em instituições da América Latina e bolsistas do Programa de Bolsas Ibero-americanas do Santander Universidades. Já no segundo encontro, alunos que estudaram em destinos da Europa e Ásia puderam compartilhar sobre vantagens e desafios do intercâmbio.

De mente aberta

speak out, mobilidade acadêmica, intercâmbio, intercambistas, alunos, internacionalização, ascin, prédio 9

Foto: Camila Cunha

Para Stefania Dalla Rosa e Roger Paz, a escolha pelo Chile foi produtiva. Além de melhorar o espanhol, os alunos destacaram a prática do inglês e o contato com diferentes culturas. Alex Blasi, que esteve no México, acredita que o período foi essencial para o autoconhecimento e construção de maior senso de pertencimento à América Latina.

Alice Martins Costa Keller da Silveira, aluna na Pontifícia Universidad Católica da Argentina, alertou os estudantes sobre os preconceitos com destinos latino-americanos e ressaltou que esses países recebem pessoas de diferentes partes do mundo. “Descobri que a Argentina é o centro do mundo. Conheci pessoas de diferentes nacionalidades e, o mais importante, que consideravam a América Latina o lugar mais incrível para se estar”, adicionou a estudante de Direito.

Já para Leonardo Giacomin, que estudou na Uppsala University, na Suécia, as maiores dificuldades estiveram relacionadas ao clima do país. Com temperaturas mais baixas e dias mais curtos, o aluno falou sobre a importância de ir viajar com a mente aberta para o novo. Além disso, alertou sobre a importância da organização financeira para conseguir realizar o sonho de morar fora.

Além do óbvio

speak out, mobilidade acadêmica, intercâmbio, intercambistas, alunos, internacionalização, ascin, prédio 9

Foto: Camila Cunha

Maria Eduarda Levy de Mello e Rodrigo Heinzen Esteves representaram o continente asiático, apresentando suas experiências na Hankuk University of Foreign Studies, na Coreia do Sul e na Sophia University, no Japão. Para a estudante de jornalismo, morar no exterior é um privilégio e alertou os estudantes a pensarem além de Portugual. “Um país incomum pode render muitos aprendizados. Esse é o momento para ir além do óbvio”, afirmou.

Esteves, que passou um ano em Tóquio estudando Engenharia da Computação, também destacou os benefícios de escolher um país tão culturalmente diferente. “A cidade é apaixonante, desde o serviço de transporte altamente eficiente até a forma como os japoneses preservam sua história”, adiciona.

Nas duas universidades orientais as aulas são ministradas em inglês e há uma grande presença de alunos internacionais. Além disso, os dois estudantes defenderam que mesmo sem falar japonês ou coreano é possível se comunicar de forma eficiente.

Isenção de taxas e planejamento financeiro

Estudantes que embarcam na mobilidade acadêmica estão isentos de taxas na universidade de destino, devendo manter vínculo apenas com a PUCRS durante o período no exterior. Os estudantes deverão se preparar para arcar com custos de moradia, alimentação e transporte.

Estudantes interessados em realizar mobilidade acadêmica no primeiro semestre de 2019 poderão se inscrever para o Edital 2 do Programa de Mobilidade Acadêmica – Acordos Bilaterais 2018/2, com inscrições até 5 de setembro. São mais de 200 oportunidades em 53 universidades conveniadas no exterior. Mais informações podem ser acessadas pelo site www.pucrs.br/pma, pelo e-mail [email protected], pelo telefone (51) 3320-3660.

Mais recentes