Institucional

Especialistas debatem a aprendizagem da leitura em evento criativo

sexta-feira, 13 de outubro | 2017

Diálogos Criativos 2017No mês da criança e do professor, o Laboratório de Criatividade do Tecnopuc (CriaLab), o Instituto do Cérebro da PUCRS (InsCer) e a Plataforma de Leitura Elefante Letrado propõem um debate gratuito entre educadores sobre a Aprendizagem da Leitura em Tempos de Aceleração da Realidade. O evento, denominado Diálogos Criativos, ocorre no dia 18 de outubro, às 9h, com o objetivo de provocar os participantes a saírem da zona de conforto. Para o coordenador do CriaLab, Luís Humberto de Mello Villwock, a atividade propõe uma mudança no formato das palestras informativas. “A ideia é estimular o público a dialogar. A educação merece um debate com teor inovador”, afirma.

O evento terá duração de uma hora e será dividido em três etapas: apresentação do tema, discussão em grupos sobre perguntas e desafios propostos pelos palestrantes e debate. As atividades serão realizadas no CriaLab, prédio 97A do Campus (avenida Ipiranga, 6681 – Porto Alegre). Para participar, basta se inscrever neste link. As vagas são limitadas. O ministrante será o professor, pesquisador e coordenador de Relações Internacionais e Interinstitucionais do InsCer, Augusto Buchweitz, com a participação da mestra em Gestão Educacional e CEO do Elefante Letrado, Mônica Timm de Carvalho.

Conforme os palestrantes, a leitura não é uma aprendizagem natural, e é preciso falar mais sobre esse processo com quem está na linha de frente da alfabetização. “O ato e o prazer de ler, quando se trata de leitura autônoma, parte de algum tipo de instrução”, observa Mônica. Nesse contexto, o papel dos professores vai além da leitura simples para os alunos, necessitando de técnicas e preparo.

Buchweitz observa que, diferente da fala, a leitura não acontece naturalmente. Isto se reflete em como o processo dessa aprendizagem depende de alterações no funcionamento do cérebro, consequentes ao ensino sistemático e ao estímulo antes mesmo do período escolar. “Aprender a ler modifica e amplia as estruturas cerebrais, sendo fundamental para o desenvolvimento da cognição”, complementa.

Mais recentes