Ensino

Doutorando é eleito Economista do Ano pelo Corecon-RS

segunda-feira, 04 de dezembro | 2017

Foto:Tiago Francisco/Divulgação Sistema Farsul

Foto:Tiago Francisco/Divulgação Sistema Farsul

O economista e doutorando no curso de Economia do Desenvolvimento da Escola de Negócios, Antônio da Luz, foi escolhido como o Economista do Ano de 2017 pelo Conselho Regional de Economia do Rio Grande do Sul (Corecon-RS). A nomeação, feita na quinta-feira, 30 de novembro, é um reconhecimento aos profissionais do Rio Grande do Sul, dos mais distintos campos da economia, que contribuem para o desenvolvimento econômico regional ou nacional e se engajam em atividades dos setores privado ou público, na academia ou como autônomos. Para Antônio, que atua como economista-chefe do Sistema Farsul, o prêmio é muito prestigiado dado a relevância do Conselho e a comunidade formada pela categoria.

A indicação dos candidatos é feita por entidades públicas, privadas, universidades e entidades do meio, e a comissão julgadora é formada por nove economistas com atuação no Estado. “Trato como um divisor de águas na vida de qualquer profissional ser lembrado por aqueles que melhor podem avaliar o trabalho desenvolvido: os próprios colegas”, declara Da Luz. O doutorando acredita que “houve um reconhecimento à minha paixão pela profissão de economista, por levar a teoria econômica para prática, em especial no agronegócio e, quem sabe, por ter uma sede insaciável por aprender”, revela.

O Prêmio será entregue no dia 14 de dezembro, às 20h, no Hotel Continental. Na solenidade, também serão homenageados os vencedores do Prêmio Corecon-RS 2017, do Prêmio Corecon-RS de Reportagem de Economia 2017 e do Prêmio Jornalista de Economia do Ano/2017.

Projeto de doutorado

O orientando do professor Adelar Fochezatto está produzindo uma pesquisa sobre como é possível utilizar o agronegócio como eixo de crescimento e desenvolvimento econômico para países que têm vantagens comparativas para o campo.  “Estou desenvolvendo um índice que ranqueia os países ou regiões de países conforme o grau de aproveitamento do seu potencial no agronegócio que, ao mesmo tempo, oferece recomendações para melhor usar este setor no seu crescimento”, explica o economista-chefe do Sistema Farsul.

Sobre o doutorado na Escola de Negócios, o economista diz ter superado as suas expectativas, que já eram altas. Ele destacou o dinamismo do curso, que traz intenso aprendizado, e o preparo do corpo docente, com quem vem aprendendo muito. “Não tenho dúvidas de que quando terminar o curso serei um profissional muito melhor do que entrei, assim como tenho certeza que estar aqui me ajudou a receber esse generoso reconhecimento dos meus colegas economistas”, declara Da Luz.

Currículo

Antônio da Luz é formado em economia pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), mestre em Economia pela UFRGS e doutorando em Economia do Desenvolvimento pela PUCRS. Atualmente, é economista-chefe do Sistema Farsul e um dos 89 economistas brasileiros e estrangeiros que são consultados pelo Banco Central para elaboração do Relatório Focus com as expectativas de mercado para PIB, Inflação, Juros, Câmbio, etc. Atuou como economista da Agenda 2020 e também como conselheiro do Corecon-RS.

Mais recentes