Serviços

5 poetas para você conhecer no Dia Mundial da Poesia

terça-feira, 21 de março | 2023

Biblioteca Central

A data é celebrada no dia 21 de março e, para celebrar, preparamos uma lista de poetas e poetisas para você conhecer e descobrir novos mundos

A poesia é um gênero literário que se mescla a outras manifestações artísticas como música, teatro, cinema e até mesmo outras formas de fazer literatura. Diferente do poema (que segue um padrão mais rígido de versos fixos ou livres), a poesia é uma forma de arte mais ampla e que nem sempre precisa da palavra escrita para comunicar.  

Para comemorar e promover a leitura de poesias, no dia 16 de novembro de 1999 foi criado na 30ª Conferência Geral da UNESCO o Dia Mundial da Poesia. A data é celebrada no dia 21 de março e, para celebrar, preparamos uma lista de poetas e poetisas para você conhecer e descobrir novos mundos. Confira! 

José Paulo Paes 

Pesquisador, tradutor, ensaísta e poeta, José Paulo Paes foi, durante sua vida, um grande entusiasta e colaborador da literatura brasileira. O autor era fortemente influenciado pelo poeta Carlos Drummond de Andrade e também era próximo de autores modernistas como Graciliano Ramos, Jorge Amado e Oswald de Andrade. José publicou Poemas reunidos (1961), Anatomias (1967), Meia Palavra (1973), Resíduo (1980), Poemas para brincar (1991), Ri melhor quem ri primeiro – Poemas para crianças (e adultos inteligentes) (1998). 

Marília Garcia 

Vencedora do prêmio Oceanos de Literatura em Língua Portuguesa em 2018 com a obra Câmera Lenta, Marília Garcia é uma escritora, tradutora e editora brasileira. Parte do movimento pós-moderno da literatura, a poetisa é considerada uma das mais originais vozes da poesia contemporânea. Suas outras obram incluem 20 poemas para o seu walkman (2007), Engano geográfico (2012), Um teste de resistores (2014), Paris não tem centro (2016) e Parque das ruínas (2018). 

Lara de Lemos 

Nascida em Porto Alegre em 1923, Lara foi poeta, jornalista, professora e tradutora. Seu primeiro livro de estreia Poço das Águas Vivas publicado em 1957 recebeu o Prêmio Sagol. A autora questionava o papel da mulher na sociedade e também a ditadura militar brasileira. Em sua carreira, Lara acumulou outros prêmios por seus trabalhos como Prêmio Jorge de Lima por Aura Amara (1968), Prêmio Nacional de Poesia Menotti del Picchia por Águas da Memória (1990), e Prêmio Açorianos de Poesia por Dividendos do Tempo (1995) 

Saiba mais: Confira o acervo de Lara de Lemos na PUCRS 

Jarid Arraes 

Autora premiada por seu livro de contos Redemoinho em dia quente (2018), a escritora, contista, e cordelista Jarrid Alvez também escreve poesias. Tem duas antologias de poemas lançados sendo o primeiro O Buraco Com o Meu Nome (2018) e mais recentemente “Poetas Negras Brasileiras uma Antologia” (2021), que reúne diversas autoras contemporâneas do Brasil em uma seleção rica em pluralidade.   

Salgado Maranhão 

Vencedor do Prêmio Jabuti na categoria Poesia por Mural de Ventos (1998) e Ópera de Nãos (2015), Salgado Maranhão é um poeta brasileiro e compositor maranhense. O interesse pela poesia começou na infância com as rodas de trovadores que escutava em casa. Seus livros já foram traduzidos para o inglês, alemão, italiano, francês, sueco. Salgado apreendeu a ler com 15 anos e se tornou um ávido leitor quando adolescente. Sua biografia conta com mais de dez obras publicadas, e em 2011 recebeu o Prêmio da Academia Brasileira de Letras de Poesia pela obra A cor da palavra (2010). 

Leia também: Conheça alguns dos principais poetas brasileiros 

Mais recentes