Impacto Social

A simplicidade que caracteriza a missão marista

sexta-feira, 07 de junho | 2019

Simplicidade, Sinal de Luz, Valores MaristasAo longo da semana dedicada a São Marcelino Champagnat, celebrada até 7 de junho, duas ações integram a programação em homenagem ao legado do criador do Instituto Marista, há 200 anos. A primeira, com o tema Sinal de Luz, convidou a todos estudantes, docentes e técnicos administrativos a responderem à pergunta Quem é luz na sua vida?, por meio deste link. Todas as homenagens estão no site diadechampagnat.com.br. A outra ação é uma série de matérias especiais abordando os valores maristas e como eles estão presentes no cotidiano da PUCRS, do Parque Científico e Tecnológico (Tecnopuc), do Hospital São Lucas e do Instituto do Cérebro do RS.

A Simplicidade significa a adoção de um estilo de vida simples em nível pessoal e institucional. Os Irmãos maristas e os leigos que contribuem com a missão buscam ser autênticos e humildes, reconhecendo nossas potencialidades e limitações. Tratam a todos com respeito, suscitando o que há de melhor em seus corações.

Irmão, prefeito, missionário

Irmão Jacob Kuhn tem mais de 70 anos de caminhada marista dedicada à disseminação do conhecimento em diversas áreas. Foi prefeito universitário, iniciou o serviço de vigilância na PUCRS, criou a numeração dos prédios, projetou a construção do prédio 20 e deu origem ao então Museu de Ciências, hoje Museu de Ciências e Tecnologia. Atuou por 20 anos na Amazônia, onde estimulou o plantio de hortaliças no Campus Avançado Alto Solimões. Também trabalhou como missionário em Atalaia do Norte e Ji-Paraná. Todas essas iniciativas deixam claro o valor marista que reconhece a importância do outro para o desenvolvimento da Instituição.

Histórias de amor e vida

Para conhecer um pouco dessa forma de viver e enxergar o mundo, é possível acessar os minidocumentários do projeto Memórias Maristas: histórias de amor e vida, que resgata e valorizar a história de Irmãos e leigos que, com o seu dia a dia, ajudaram a construir a Rede Marista. A iniciativa destaca pessoas que se dedicam a uma causa e mantêm vivo o sonho de Champagnat.

Vida simples e de crescimento feliz

Filho do meio entre dez irmãos, Luiz Carlos Susin desde muito cedo sabia que queria seguir a vida religiosa e, aos 11 anos, despediu-se da família para ingressar no seminário por decisão própria. Frei Susin, como é conhecido, escolheu a ordem do Frades Capuchinos e chegou à Capital em 1972 para cursar Teologia. Começou a lecionar na PUCRS ainda como estudante de graduação, aos 25 anos. Defende o movimento de vida simples e de crescimento feliz e diz que a sociedade precisa trabalhar valores e espiritualidade para ser mais despojada, mais sóbria, mais original, viver de coisas mais simples, com menos sofisticação, passando por todas as áreas: vestuário, alimentação, transporte, energia, consumo. Em sala de aula, coloca toda sua energia para tratar de assuntos vitais e sente-se privilegiado pela troca com os estudantes.

Valores Maristas

Ao longo dessa semana, os valores Amor ao Trabalho, Audácia, Espírito de Família, Espiritualidade, Presença e Simplicidade foram evidenciados em alguns dos muitos exemplos de pessoas, projetos e ações. O último a ser abordado será a Solidariedade, que trata, entre outros pontos, do comprometimento e da perseverança na busca do bem comum, na promoção e defesa dos direitos. Leia todas as matérias neste link.

Sinal de Luz

A proposta da ação motivada pela pergunta Quem é luz na sua vida? foi estimular que a comunidade acadêmica homenageasse as pessoas que são importantes na sua trajetória e que, assim como Champagnat, são sinais de luz. Confira as respostas aqui.

 

 

Mais recentes