Saúde

5 dicas para quem quer começar a correr

quinta-feira, 11 de novembro | 2021

5 dicas para começar a correr

A indicação é que a prática de corrida inicie na esteira/Foto: Pexels

A corrida é uma atividade física extremamente acessível, podendo ser praticada em diferentes lugares. Realizar esse tipo de exercício pode trazer diversos benefícios para a saúde, possibilitando a prevenção de doenças como depressão e problemas cardiovasculares. No entanto, é necessário realizar alguns cuidados ao começar a correr. Para estar bem-preparado para a prática da corrida, confira as orientações do professor Rafael Baptista, coordenador do Laboratório de Avaliação e Pesquisa em Atividade Física da Escola de Ciências da Saúde e da Vida da PUCRS. 

1. A corrida é adequada para mim? 

Não existe um biotipo ideal para praticar a corrida. No entanto, pessoas com sobrepeso ou obesidade podem sofrer um impacto muito grande sobre as articulações durante a prática. Por isso, nesses casos, é importante ter o acompanhamento profissional e iniciar com alguma outra atividade, como musculação ou caminhada, antes de incluir a corrida na rotina.  

2. Consulte com profissionais  

Para começar a correr é essencial procurar o auxílio de um profissional de Educação Física, que poderá realizar a avaliação da biomecânica da corrida para prevenir lesões. Além disso, é importante realizar uma consulta com um cardiologista, para verificar a existência de contraindicações, e, caso exista algum histórico de dor nas articulações, buscar um ortopedista para realizar uma avaliação. Caso, ao iniciar a prática de corrida, sinta algum desconforto articular, é recomendado suspender a atividade e realizar uma consulta ortopédica.  

3. Saiba onde correr 

A sugestão é começar pela esteira, onde há menos impacto, além de evitar problemas relacionados ao clima. Depois de ganhar certo condicionamento utilizando o aparelho, pode-se passar a se exercitar na rua. No entanto, nesse caso, é necessário tomar alguns cuidados: não se expor excessivamente ao sol ou a temperaturas elevadas e manter uma boa hidratação 

4. Prepare-se e mantenha-se constante 

O ideal, antes de começar a correr, é fortalecer alguns grupos musculares e melhorar o alongamento de outros. Sabe-se que o treino de força, como a musculação, é capaz de melhorar a resistência na corrida. Manter-se constante, o que exige uma organização para não faltar aos treinos, também é importante, pois, com a prática, o fôlego aumenta, melhorando o desempenho no exercício.  

5. Escolha um bom calçado 

Existem divergências sobre se faz diferença utilizar um calçado adaptado para cada tipo de pisada. No entanto, é importante considerar que essa é uma escolha que deve levar em conta as características individuais de cada pessoa e que pode ser orientada por um profissional de Educação Física. “Para mim, por exemplo, que sou grande, um tênis mais minimalista não funciona. Eu preciso de um calçado mais robusto, pesado, que, justamente por não ser leve, pode trazer desvantagens para outras pessoas”, exemplifica Baptista.  

O Parque Esportivo da PUCRS é um local que pode ser utilizado por aqueles que desejam começar a correr: além das esteiras presentes na academia, o complexo possui uma pista externa de atletismo e, até mesmo, possui atividades de corrida em grupo. Saiba mais no site do Parque 

Mais recentes