Pesquisa

250 anos de Porto Alegre: Tecnopuc atua como um polo de inovação para a cidade

quinta-feira, 31 de março | 2022

tecnopuc

Foto: Bruno Todeschini

As grandes cidades pelo mundo têm desempenhado historicamente um papel fundamental como catalisadores da inovação e desenvolvimento de novas tecnologias, conhecimentos, métodos de produção e arranjos institucionais, tornando-as centros de riqueza, oportunidade, diversidade e criatividade. Agora, cidades como Porto Alegre, têm o grande desafio de se reinventarem em um contexto em que o principal fator de desenvolvimento são os talentos.

O Superintendente de Inovação e Desenvolvimento da PUCRS e do Parque Científico e Tecnológico (Tecnopuc), professor Jorge Audy, explica que o futuro da capital gaúcha passa por pessoas qualificadas, a inovação, o empreendedorismo e a criatividade. Nesse sentido, o Tecnopuc tem desempenhado, nos últimos anos, um papel central como protagonista na construção do futuro de Porto Alegre e do Rio Grande do Sul, com foco na inovação e no empreendedorismo.

O docente aponta que a diferenciação e competitividade das cidades e territórios requer uma articulação entre os agentes de desenvolvimento como universidades, empresas, governo e sociedade civil organizada. Para isso, as iniciativas devem ter a inovação como base, seja como geração de novas empresas de alto valor agregado e base tecnológica, como startups e spinoffs, na geração de emprego e renda, seja na transformação da gestão pública, na qualidade dos serviços aos cidadãos e na transparência das ações e uso de recursos.

O Tecnopuc como polo de inovação para a cidade

Jorge destaca que as áreas de ensino e pesquisa são a base para a dinâmica de transformação de conhecimento em riqueza e desenvolvimento social, econômico e ambiental. Para o pesquisador, a formação e a capacitação das pessoas tanto no processo de ensino como no processo de pesquisa são fundamentais para criar as condições de criação de novas empresas e, consequentemente, geração de emprego e renda, resultando no desenvolvimento da sociedade.

tecnopuc

Foto: Bruno Todeschini

Com isso, o Tecnopuc atua como um ecossistema de inovação conectado e global. Sendo assim, suas iniciativas são desenvolvidas articuladas com outros agentes de desenvolvimento relevantes da cidade e com o Posicionamento Institucional da PUCRS, de Inovação & Desenvolvimento. Dentre os projetos, se destacam duas estratégias centrais do Tecnopuc e da PUCRS na área de inovação e empreendedorismo na cidade de Porto Alegre, que são a Aliança para Inovação e o Pacto Alegre.

Aliança para Inovação

Em 2018, a PUCRS, a UFRGS e a Unisinos lançaram a Aliança para Inovação de Porto Alegre. Uma união entre as universidades com o objetivo de potencializar ações de alto impacto em prol do avanço do ecossistema de inovação e do desenvolvimento da capital gaúcha. A assinatura desta articulação foi realizada com a presença do prefeito de Porto Alegre no período e do presidente da Associação Internacional de Parques Científicos e Tecnológicos (IASP)

Com a Aliança nasceram diversos projetos que visam transformar Porto Alegre e região em referência internacional no ambiente de inovação, conhecimento e empreendedorismo, para isso, as universidades contam com cinco principais projetos: Pesquisa, Formação, Comunicação, Ambiente e Pacto Alegre.

O projeto Pesquisa é fomentado pela capacidade de produção das três universidades. Entre os objetivos, o projeto visa a realização de trabalhos de pesquisa conjuntos nesta área. Já a iniciativa Formação é garantida pela excelência no ensino a ser compartilhado pelas instituições integrantes, o projeto busca ofertar cursos de especialização e mestrados construídos pelas três instituições.

Com o Comunicação, as universidades se dedicam em divulgação científica, troca de saberes e mobilização da comunidade para se engajar como agente de inovação. E com o projeto Ambiente é realizado um intercâmbio de espaços consolidados das três instituições, como polos de referência e modelo de excelência para ações de inovação. O projeto prevê o compartilhamento de estruturas dos parques tecnológicos, entre as iniciativas.

Pacto Alegre

O Pacto Alegre é o principal produto da Aliança ao integrar o setor da administração pública municipal de Porto Alegre como agente de transformação, amparado pela metodologia e expertise de inovação das três instituições de ensino superior, de pesquisa, de extensão e de inovação. Os esforços partiram da Aliança entre a PUCRS, a UFRGS e a Unisinos com a prefeitura de Porto Alegre para unir forças da cidade, de todos os segmentos, em prol de uma agenda comum.

Na 5ª edição da Mesa do Pacto Alegre, que aconteceu em 2021, estiveram presentes 105 entidades para debater o futuro dos projetos desenvolvidos em conjunto. Em três anos de existência, já foram finalizadas 11 iniciativas, 15 estão em andamento e outras 11 aguardam aprovações. No evento, sete projetos foram aprovados para tornar Porto Alegre mais inovadora. São eles: Cidade Educadora, Centro +, Aprendizados da Pandemia, Territórios Criativos, Poa Digital, Startup City e Porto Alegre que Queremos.

“Atuamos na orquestração de todo o ecossistema de inovação da PUCRS, articulando as iniciavas institucionais com as ações no âmbito municipal, seja com relação à Aliança para a Inovação de Porto Alegre, seja com o Projeto Pacto Alegre”, destaca o Superintendente Jorge Audy.

Leia também: 250 anos de Porto Alegre: Universidade desenvolve projetos na Capital com mais idosos do Brasil

Mais recentes